MENU

17/05/2022 às 22h03min - Atualizada em 17/05/2022 às 22h03min

Ronaldo Dimas recebe em Araguaína mais de 40 lideranças do sudeste

Encontro foi organizado pelo pré-candidato Júnior Trindade

Assessoria
Ronaldo Dimas com líderes políticos da região sudeste do Tocantins - Foto: Divulgação
 
O pré-candidato a governador Ronaldo Dimas (PL), recebeu, na manhã desta segunda-feira (16), em Palmas, mais de 40 líderes políticos do Sudeste do Estado. No encontro, organizado pelo vereador de Dianópolis e pré-candidato a deputado federal Júnior Trindade (Podemos), os líderes apresentaram muitas queixas sobre a saúde pública e a condição das rodovias estaduais.

Estiveram na reunião vereadores, vice-prefeitos e ex-vereadores de Paranã, Ponte Alta, Porto Alegre, Dianópolis, Taguatinga, Lavandeira, Natividade, Chapada da Natividade, Silvanópolis e Combinado. Também vereador de Dianópolis, o pré-candidato a deputado estadual Manin da Zorra (PL) foi outra presença no evento.

Conforme Trindade, o encontro reuniu dezenas de pessoas interessadas em ouvir os projetos de Dimas para implementar uma transformação positiva no Tocantins. “Fizemos uma caravana até a sua residência em Palmas com propósito de dias melhores para o Tocantins. Dentre as demandas do Sudeste, está  a melhoria imediata da situação precária da saúde que estamos vivendo. Infelizmente, temos pessoas morrendo sem atendimento, grávidas tendo partos em ambulâncias. Ainda há estradas em péssimas condições. Ronaldo é a solução para um Estado mais democrático e justo”, frisou, ao dizer que Dimas fez uma grande transformação em Araguaína e pode trazer grandes obras para o Estado. Para os líderes, há descaso com as estradas e falta de gestão na saúde.

Dimas defendeu a necessidade de se ter um sistema de saúde planejado e integrado, que fortaleça as redes municipais de saúde e os hospitais regionais, para evitar que qualquer paciente precise ir até Palmas para ter atendimento com um pouco de complexidade.

“Não existe milagre. Pode ter o dinheiro que for, mas tem que ter planejamento e priorização. Em relação às estradas, não se pode pensar em novas rodovias agora, sem antes restaurar as que têm e terminar os pequenos trechos que faltam. Na saúde, é praticamente a mesma coisa. Temos uma rede muito grande de saúde no Estado, muitos hospitais – Arraias, Taguatinga, Dianópolis, Natividade e Paranã – mas ela precisa estar bem estruturada e funcionar bem, não interessa se é do município, do Estado ou do governo federal. Se não funcionar bem, vai acabar mandando paciente para arrumar o dedo em Palmas e ele ficará sem ser atendido”, destacou.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »