MENU

16/05/2022 às 18h15min - Atualizada em 16/05/2022 às 18h15min

Judiciário de Açailândia faz semana de prevenção à violência sexual contra crianças e adolescentes

18 DE MAIO - Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Helena Barbosa
Asscom CGJ
A programação oficial do evento foi antecedida de três palestras socioeducativas. - Foto: Divulgação
   
O Judiciário da Comarca de Açailândia fez a abertura oficial  em cerimônia nesta segunda-feira, 16, da ”Semana Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes”, que será desenvolvida até sexta-feira, 20, com atividades educativas programadas para serem realizadas junto às escolas municipais.
 
A Semana foi aberta na Câmara Municipal, com a participação de vereadores, professores, estudantes, profissionais da Justiça e representantes do Ministério Público e Defensoria Pública, da Prefeitura Municipal, Polícia Civil e Militar e das instituições e órgãos públicos parceiros no evento. 
 
A iniciativa é coordenada pelo juiz da 2ª Vara de Açailândia, Alessandro Arraes Pereira, que falou aos presentes sobre os objetivos da Semana. Segundo o juiz, o evento serviu para estreitar o relacionamento e fortalecer a união de esforços dos parceiros da campanha, “para combater a nefasta exploração sexual dos jovens e crianças”.
 
O ponto alto da campanha ocorre nesta quarta-feira, 18 de maio - “Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. Essa data é celebrada pelo poder público há mais de vinte anos, desde que foi instituída, pela Lei 9.970/2000,após o caso de abuso e morte da menina Araceli, de 8 anos, em 18 de maio de 1973.
 
Em todo o Brasil, o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes incentiva as ações que objetivam consicientizar e alertar toda a sociedade sobre a necessidade da prevenção à violência sexual contra meninos e meninas.
 
A semana em Açailândia tem o apoio da  Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça. As atividades estão sendo desenvolvidas de forma conjunta e colaborativa, pelos órgãos integrantes do sistema de proteção e direitos das crianças e adolescentes, com apoio das secretarias municipais, reforçando a importância de ações preventivas e de combate à exploração de meninos e meninas.Participam  voluntariamente das ações representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMUCAA); do AEPETI - Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil; Conselho Tutelar de Açailândia (CONTUA) e do Grupo de Monitoramento.
 
As ações são executadas com o apoio das secretarias municipais de Saúde, Educação e Assistência Social e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social - CREAS. Também conta com o apoio da Faculdade Vale do Aço (FAVALE) e AVB - Aço Verde do Brasil, no apoio à estrutura necessária à realização das ações educativas.
 
PROGRAMAÇÃO 
A partir desta terça-feira, 17, as atividades educativas serão realizadas durante a manhã, com a participação de autoridades do sistema de Justiça em entrevistas nos meios de comunicação da cidade. No período da tarde, foi programada uma mobilização na FAVALE.
 
No dia 18, haverá caminhada com a participação de pessoas da comunidade, saindo da Praça do Mercado, por volta das 9h. Na manhã e tarde do dia 19, haverá entrevistas com membros da Rede de Monitoramento sobre o tema “Violência Sexual não é Brincadeira. Educar para Prevenir” - mote da campanha.
 
No encerramento da programação, em 20 de maio, haverá uma caminhada pelas ruas do centro da cidade, saindo da Escola Municipal “Eduardo Pereira  Duarte”, no bairro Piquiá.
 
PALESTRAS SOCIOEDUCATIVAS
A programação oficial do evento foi antecedida de três palestras socioeducativas. No dia 10 de maio, as palestras foram ministradas pela psicóloga  Tássia Aroucha e pela assistente social Indiacy Monteiro, do CREAS, na Escola Municipal Raimundo Telefre Sampaio”, na Via Bom Jardim. E no dia 11, com o psicólogo Roberto Levi (CREAS), na escola Municipal Sarah Kubitscheck, no Jardim de Alah. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »