MENU

16/05/2022 às 09h14min - Atualizada em 16/05/2022 às 09h14min

Datas Comemorativas

– Período de 16 a 21 de maio de 2022 –

Da Redação
GB Edições

Em 15 de maio de 1970, a moeda do Brasil voltava a se chamar Cruzeiro

O Cruzeiro (Cr$) foi a moeda do Brasil de 1942 a 1967, de 1970 a 1986 e de 1990 a 1993. Sua adoção se deu pela primeira vez em 1942, durante o Estado Novo, na primeira mudança de padrão monetário no País, com o propósito de uniformizar o dinheiro em circulação; um Cruzeiro equivalia a mil Réis. O Cruzeiro passou por uma reforma monetária no governo Castelo Branco sendo temporariamente substituído pelo Cruzeiro Novo. A moeda voltou a ser substituída pela equipe do então Presidente José Sarney, com o Plano Cruzado; o Cruzeiro voltou a vigorar no governo Collor e foi definitivamente substituído pelo Cruzeiro Real em 1993.

Primeira edição: Vigente de 1º de novembro de 1942 a 12 de fevereiro de 1967
Em 1º de novembro de 1942, o Cruzeiro foi introduzido pela primeira vez, cuja denominação se baseava na constelação do Cruzeiro do Sul, escolhido como símbolo da pátria. Em 13 de fevereiro de 1967, o Cruzeiro foi substituído pelo padrão transitório Cruzeiro Novo (NCr$) por conta do aumento da inflação. O Cruzeiro Novo equivalia a mil Cruzeiros "antigos", como ficou denominada esta moeda.

Segunda edição: Vigente de 15 de maio de 1970 a 27 de fevereiro de 1986
Em conclusão a reforma monetária iniciada em 1967, com a criação do padrão transitório Cruzeiro Novo, a partir do dia 15 de maio de 1970, foram colocadas novas cédulas em circulação. A partir daí, houve a supressão da palavra "novo" e do “N” constante no símbolo da moeda então circulante, que voltou a se denominar apenas "Cruzeiro". Esta moeda veio a circular até a criação do Cruzado (Cz$) em 28 de fevereiro de 1986.

Terceira edição: Vigente de 16 de março de 1990 a 31 de julho de 1993
De 16 de março de 1990 a 31 de julho de 1993, durante o governo de Fernando Collor, o Cruzeiro volta como unidade monetária nacional, mantendo, contudo, a equivalência com o padrão anterior - Cruzado Novo, quando, após um período de transição com o Cruzeiro Real, foi adotado o padrão em uso até hoje: o Real (R$).

A origem do nome
A primeira sugestão de "cruzeiro" para nome de moeda no Brasil foi feita pelo economista Carlos Inglês de Sousa em novembro de 1926 no seu livro “Restauração da Moeda no Brasil”, onde ele propunha se substituir a unidade mil-réis pela de Cruzeiro. Esta foi a primeira referência direta e documentada ao nome Cruzeiro como nome de moeda de substituição ao mil-réis, então em circulação.

 

16/05

- Dia do Faxineiro
- Dia do Gari
- Dia do primeiro núcleo da colonização dirigida em Nova Friburgo (RJ) por alemães convidados por D. João VI (1818)
 

17/01

- Dia Mundial das Comunicações
- Dia Mundial das Telecomunicações
- Dia da Constituição 
 

18/05

- Dia das Raças Indígenas da América
- Dia do Vidreiro
- Dia Internacional dos Museus
 

19/05

- Dia em que foi considerado ilegal o tráfico de escravos (1830)
- Dia dos Acadêmicos do Direito 
 

20/05

- Morte de Ana Neri, enfermeira voluntária na Guerra do Paraguai (1880)
- Dia do Comissário de Menores
- Morte do poeta Luiz Guimarães Júnior (1893)
- Visita de D. Pedro II e sua comitiva à cidade de Antonina, no Paraná (1880)
 

21/05

- D. Pedro II e sua comitiva chegam a Curitiba, Paraná (1880)
- Dia da Língua Nacional
- Dia Mundial do Desenvolvimento Cultural
- Morre Cristóvão Colombo, navegador que descobriu a América (1506)
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »