MENU

11/05/2022 às 20h16min - Atualizada em 11/05/2022 às 20h16min

Carlos Brandão: “Somos um governo de continuidade e avanços”

Da Redação
SECOM/MA
Carlos Brandão pontua ações sobre 30 dias de gestão - Foto: Gilson Teixeira
 
O governador do Estado, Carlos Brandão durante participação no programa Bom Dia, Maranhão (TV Mirante) desta quarta feira (11) onde concedeu entrevista ao jornalista Clóvis Cabalau, pontuou ações dos primeiros 30 dias à frente do comando do Maranhão. Na ocasião, ele também anunciou medidas que devem ser implantadas nos próximos meses e as expectativas para as eleições de outubro. “Somos um governo de continuidade e avanços”, frisou o governador.

“Acompanhamos a gestão Flávio Dino durante sete anos. Conhecemos todas as políticas públicas, todas as secretarias e órgãos, portanto, não houve dificuldades nesta transição. Fizemos alguns ajustes na composição de secretariado, mas, o governo segue inaugurando várias obras, programas sociais, de desenvolvimento e geração de empregos. Seguimos avançando”, frisou Brandão.

O governador pontuou que irá conduzir sua gestão com a inauguração de obras em andamento na área social, educação e saúde, entre outras, totalizado cerca de 500 a serem entregues, até final do mês de julho. “Todo governo tem uma identidade e a nossa, com certeza, são os avanços e conquistas sociais. Vamos concluir obras em andamento, impactando na geração de milhares de empregos. Estamos saindo de uma pandemia e o Maranhão teve o maior desempenho nesse combate, e, mesmo com este cenário, foi o que mais gerou empregos”, pontuou.

Na economia, Brandão anunciou alocação de recursos para o pagamento da primeira parcela do 13º, no mês de julho. Citou o planejamento para o São João do Maranhão, que também vai impactar na geração de renda, empregos, além de movimentar a economia, o turismo e o setor cultural. “O São João não é apenas festa, é um projeto de geração de emprego e renda”, apontou.

Sobre os Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), o governador pontuou alguns avanços. Entre estes, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do qual o Maranhão saiu do 22º para o 13º; na segurança alimentar, de seis Restaurantes Populares, agora são 106, alcançando todas as regiões do Maranhão; e, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Maranhão está entre os que mais gerou empregos formais durante a pandemia – cerca de 43 mil e sendo o quarto do país. 

Na infraestrutura, anunciou pacote de obras, incluindo manutenções, reformas e pavimentação em estradas e vias urbanas, estas últimas, em apoio às prefeituras. Na saúde, criação de uma grande rede de hospitais e ampliação do número de UTIs de três para mais de 30 municípios. Citou também, investimentos de R$ 12 milhões na agricultura familiar para este ano, o dobro dos recursos destinados anteriormente. “Os indicadores têm o tripé na educação, saúde e renda. Neste rumo, fazemos movimentar a economia. Portanto, avançamos bastante”, avaliou. 
 
Carlos Brandão enfatizou que esse é o momento de focar na gestão. “A política será lá para agosto, quando teremos as convenções. Agora, quero mostrar ao maranhense o meu trabalho e como vou cuidar do povo do Maranhão”, afirmou, citando a boa relação com os poderes judiciário e legislativo.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »