MENU

09/05/2022 às 22h22min - Atualizada em 09/05/2022 às 22h22min

Polícia Civil prende em Araguaína um dos principais líderes de facção criminosa nacional

Homem foi capturado em ação conjunta das equipes da 2ª Denarc e da 3ª Deic; Mulher danificou o celular do marido na tentativa de destruir provas

Da Assessoria
Suspeito é conhecido como Jamaica - Foto: Divulgação/Polícia Civil
Um homem de 23 anos, também conhecido como ‘Jamaica’, considerado um dos chefes de uma facção criminosa que atua em todo o território nacional, foi preso pela Polícia Civil em Araguaína, na tarde de sábado (7).

A ação conjunta foi realizada por policiais civis da 2ª Divisão de Repressão a Narcóticos (2ª DENARC), e agentes da 3ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (3ª DEIC), sob a coordenação do delegado José Anchieta de Menezes Filho.

A operação foi deflagrada depois que investigações apontaram que o indivíduo, que é considerado de altíssima periculosidade, estaria em uma residência no Bairro São João em Araguaína. No local, a polícia também prendeu uma mulher de 28 anos, que é companheira do suspeito e responde por tráfico de drogas.

“De posse das informações, as equipes da Polícia Civil foram até o imóvel e efetuaram a prisão do indivíduo, que tinha dois mandados de prisão em aberto, sendo um por tráfico e outro por organização criminosa”, disse o delegado Anchieta.

No momento da abordagem, o homem tentou fugir, mas foi contido e preso pelos policiais civis. Na ocasião, o foragido da justiça estava com sua companheira que também já responde processo por tráfico na comarca de Ananás, sendo que a mesma acabou danificando o celular de seu esposo no intuito de destruir provas.

Presos, os dois foram conduzidos até a Central de Atendimento da Polícia Civil, e após a realização das providências legais cabíveis, o homem foi recolhido à Casa de Prisão Provisória da cidade, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Segundo o delegado José Anchieta, a prisão do investigado é de suma importância, haja vista que ele é considerado uma forte liderança da facção criminosa, onde já exerceu vários cargos de chefia, mesmo tendo apenas 23 anos.

“Trata-se de um indivíduo que já possui uma extensa ficha criminal e tinha dois mandados de prisão em aberto pela prática de crimes de tráfico de drogas e organização criminosa. Portanto, a prisão do mesmo é um duro golpe contra a criminalidade na cidade de Araguaína”, disse a autoridade policial.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »