MENU

02/05/2022 às 20h14min - Atualizada em 02/05/2022 às 20h14min

DHPP cumpre mandado de prisão e prende acusado de matar vigia da Escola Maria Evangelista de Sousa

Vigilante Jackson Douglas foi morto a tiros na madrugada do dia 20 de outubro de 2018 quando tirava seu turno

Dema de Oliveira
Jornal O PROGRESSO
Homem foi preso em cumprimento a mandado de prisão - Foto: Divulgação/Redes Sociais
 
Policiais Civis da equipe da Delegacia Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), prenderam no fim da tarde desta segunda-feira (2), um homem acusado de matar o vigia da Escola Municipal Maria Evangelista de Sousa, localizado no Residencial Itamar Guará. 

O vigilante Jackson Douglas Alves de Oliveira, na ocasião com 38 anos, foi assassinado durante a madrugada do dia 20 de outubro 2018, quando tirava o seu turno.

Os policiais cumpriram mandado de prisão em aberto em desfavor do acusado, quando ele se encontrava no Residencial Itamar Guará. Segundo informações da polícia, o homem que não foi identificado, estava fora e teria retornado alguns dias atrás. Ele responde por outros homicídios praticados na cidade e é um elemento considerado de alta periculosidade. Ultimamente vinha praticando assaltos contra motoristas por aplicativo. 

O homem após passar pela Delegacia Regional de Polícia Civil, onde foi ouvido, foi levado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz, após realizar exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »