MENU

29/04/2022 às 14h19min - Atualizada em 02/05/2022 às 00h01min

Introspectiva, canção “Me Encontrar” apresenta nova fase de Tuany

Com influências no indie rock, cantora e compositora fala sobre reconexão e verdade em música que será lançada sexta-feira (29); clipe vai ao ar dia 5 de maio, às 18h

SALA DA NOTÍCIA / ZAZ Conteúdo
Camila Sánchez
O que começou em uma interação com o público nas redes sociais, ganhou forma, novos versos e uma mensagem verdadeira e reflexiva na voz da cantora e compositora Tuany. A canção “Me Encontrar”, que será lançada em todas as plataformas musicais na sexta-feira (29), chega como um golpe de ar fresco para falar sobre reconexão. No mesmo dia, a artista se apresenta às 20h30, no Picles Cardeal, em Pinheiros - São Paulo. A canção ainda ganhará videoclipe com estética vintage que vai ao ar no YouTube da artista no dia 5 de maio, às 18h.

A temática acompanha o novo momento de carreira de Tuany. Depois de se lançar no cenário autoral em 2020, a artista vem se debruçando sobre uma faceta ainda mais autêntica, de pontos de vistas não tão óbvios e mais poéticos (no verdadeiro estilo a vida imita a arte) para suas canções, em parceria com o selo Seta Reta Music. “Sou uma artista que não se cansa e quer buscar sempre o novo e formas mais profundas de se conectar com o público, de um jeito etéreo, grandioso e sábio, sem perder a popularidade no meu som e diálogo, unindo todas as formas de arte que sua música carrega em si”, afirma.

Com influências enraizadas no rock, a artista transita entre o indie e o rock deixando sua assinatura. “Em nenhum momento tentei esconder ou mascarar a sonoridade para me encaixar em alguma prateleira. ‘Me Encontrar’ faz total sentido para a nova fase que estou entrando, em que estou me encontrando dentro da sonoridade que quero como artista”, afirma. “Defino essa música como um indie rock, quis muito trazer algo simples porém muito bem trabalhado. Tem até um órgão de fundo junto com o coral, que tirei das minhas referências do jazz e do soul”, completa.

Além disso, Tuany conta que a condução da bateria nos versos, como se fosse uma marcha, é justamente para passar essa mensagem. “Uma pessoa marchando em busca de algo. O mantra cantado no refrão também tem a função de penetrar a mente do ouvinte e não sair mais, junto de uma harmonia que no final tem uma quebra para tirar o chão de quem ouve”, diz.

‘LIDAR COM O MAR’
Toda essa complexidade de sons se apresenta em uma composição que levou apenas 20 minutos para ser composta e surgiu de um “desafio” criado pela artista para interagir com o público. Em suas redes sociais, a cantora costuma abrir uma “caixinha de perguntas” em que as pessoas deixam temas para que ela escreva uma música de 15 segundos. No primeiro semestre de 2021, uma seguidora deixou o tema ‘me encontrar’ e assim nasceu o primeiro verso da música.

“Quando fui fazer uma pré-seleção para o repertório de 2022, encontrei esse trecho. Quis fazer uma música com uma mensagem mais individualista, que muitas pessoas às vezes deixam passar por pensar ser egoísmo e, ao mesmo tempo cheia de vida, como se uma pessoa estivesse se afogando e finalmente aprendesse a nadar e a lidar com o mar”, explica a artista que também assina a produção da canção. A mixagem ficou por conta de Hugo Silva e masterização de Carlos Bechet.

VINTAGE
Com uma estética vintage e com muitos recursos de luz e sombra, o videoclipe foi gravado na escola de artes Musical ABC – escola onde a cantora dá aulas de música – e dirigido por Camila Sánchez. “Minhas referências para o vídeo, desde edição de corte à edição de cor, ficaram girando no caminho do vintage com uma pegada cinematográfica mais atual”, comenta.

A ideia trazida no roteiro de Tuany e Sánchez é alternar entre o momento de camarim com a apresentação em um palco sem plateia. “Trago objetos de cena que fazem sentido real para mim em um ritual pré-show e depois o ambiente muda completamente e vamos para um contraluz que é o palco, só sou apenas eu me apresentando para mim mesma, em uma forma de metaforizar a busca que faço como artista dentro de mim mesma. É o desenho da artista procurando o seu eu lírico”, finaliza.

SERVIÇO
A canção “Me Encontrar” estará disponível em todos os aplicativos de música a partir da sexta-feira (29). No mesmo dia, a artista se apresenta às 20h30, no Picles Cardeal (Rua Cardeal Arcoverde, 1838 - Pinheiros, São Paulo). O videoclipe vai ao ar no dia 5 de maio, às 18h, no canal da cantora no YouTube.

INSTAGRAM | YOUTUBE | SPOTIFY TIK TOK
 
+ SOBRE TUANY
Com voz potente, densa e cheia de história para cantar, Tuany (25) é uma artista da cidade de Santo André (SP).  Desde a infância, tem uma forte conexão com o cantar e compor, tendo feito suas primeiras composições aos 8 anos de idade.

No canto, começou como autodidata aos 9 anos, mas dos 15 aos 16 anos, fez aulas particulares de canto lírico. Aos 10, começou a tocar violão e guitarra, aos 15 iniciou seus estudos de piano popular na Fundação das Artes de São Caetano do Sul, onde se formou em 2018; aos 22 estudou produção musical na EM&T e, atualmente, faz aulas de canto para aprimorar cada vez mais sua técnica.

Música sempre foi sua profissão seja dando aulas de piano, canto e teoria, tocando em bares, bailes ou bandas autorais, e, mais recente, trabalhando como produtora para outros artistas.

Em 2019, resolveu, finalmente, iniciar a sua carreira solo, após anos trabalhando apenas com bandas, e em abril de 2020 lançou o seu primeiro single solo intitulado “Hm.”, o qual compôs, arranjou, produziu e gravou todos os instrumentos (com exceção da bateria).

Em 2021, lançou o single duplo “Fluir”, em parceria com Pedro Tiepolo; “Você”, uma balada intimista e sedutora; “(Voar) Longe Daqui”, um indie pop energético, que flerta com o rock e R&B. No mesmo ano, lançou seu EP de estreia intitulado “Longe Daqui”, em que a faixa exclusiva “Florianópolis” conquistou espaço na playlist editorial “Fresh Finds Brasil”, do Spotify (e permanece lá desde então); e, mais recentemente, o single “Te Avisei” (também em parceria com Pedro Tiepolo). Todos esses trabalhos foram lançados de forma independente por Tuany, que assina a produção e pós-produção musical de quase todos os trabalhos (com exceção das faixas “Hm.” e “Te Avisei”).

Depois de sete músicas e um EP, em 2022, Tuany começa sua nova fase com uma sonoridade mais indie rock e uma identidade visual marcante e grandiosa, em parceria com o selo Seta Reta Music.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »