MENU

26/04/2022 às 17h33min - Atualizada em 26/04/2022 às 17h33min

Polícia Civil prende suspeito de homicídio motivado por discussão durante jogo de baralho

O crime teria sido motivado por uma dívida de R$ 2,50.

Da Redação
Dicom-PC/GO
Erisvan Romão, preso pelo crime de homicídio qualificado - Foto: Divulgação/Dicom-PC/GO

  
A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), prendeu, na última quarta-feira (20/4), Erisvan Romão pelo crime de homicídio qualificado. O autor é investigado por esfaquear e matar Idelson Silva Trindade após uma discussão durante jogo de baralho em uma distribuidora de bebidas, no Setor Diamantina, em Goiânia.

No dia 08 de abril deste ano, o investigado e a vítima, acompanhados de outras pessoas, jogavam baralho e ingeriam bebidas alcoólicas, oportunidade em que, após discussão motivada pelo jogo, os envolvidos entraram em vias de fato, quando outras pessoas teriam impedido a continuidade da briga. Após a contenção, os envolvidos iniciaram nova vias de fato. O suspeito teria buscado uma faca em sua barbearia, que fica ao lado, e, com um único golpe, atingiu a vítima ocasionando o óbito no local.

O indivíduo estava foragido e foi preso preventivamente pela DIH após inúmeras diligências empreendidas. Algumas testemunhas relataram que o crime teria sido motivado inicialmente por uma dívida do jogo de apenas R$ 2,50. Durante o seu interrogatório, o investigado confessou o crime.

A divulgação da imagem e identificação do preso foi precedida nos termos da Lei nº 13.869/2019, portaria nº 547/2021– PC, conforme despacho do delegado responsável pela investigação, visto que, no dia em que a vítima foi morta, existiam diversas pessoas no estabelecimento comercial que presenciaram o homicídio e que podem auxiliar nas nuances ainda não esclarecidas no inquérito policial.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »