MENU

25/04/2022 às 17h56min - Atualizada em 25/04/2022 às 17h56min

Volume de vendas do comércio varejista maranhense tem alta de 4% em fevereiro, aponta nota do IMESC

SECOM/MA
Foto: Divulgação
 
A Nota Bimestral de Conjuntura Econômica sobre o Comércio Varejista, referente a fevereiro de 2022, traz uma boa notícia: o volume de vendas do comércio varejista restrito maranhense do segundo mês do ano cresceu 4% frente a janeiro, resultado 2,9 pontos percentuais acima da média nacional. A publicação foi lançada nesta segunda-feira (25), pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos, autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Planejamento e Orçamento (Seplan).

Destaca-se que o Maranhão assinalou a sétima maior variação do volume de vendas do país em fevereiro e a maior dentre os estados do Nordeste no conceito restrito. “Por sua vez, o volume de vendas do comércio varejista ampliado estadual também apresentou aumento em fevereiro (3,2%), acima da média nacional em 1,2 ponto percentual. Neste conceito, o Maranhão registrou a décima maior variação do país e a segunda maior do Nordeste”, explica a diretora de Estudos e Pesquisas do IMESC, Talita Carvalho.

No que se refere ao Brasil, o volume de vendas do comércio varejista restrito nacional teve alta de 1,1% no segundo mês do ano, acumulando dois meses consecutivos de crescimento. Ademais, o comércio varejista ampliado nacional também registrou desempenho positivo em fevereiro (2%), o segundo mês consecutivo com resultado positivo no ano.

A Nota Bimestral de Conjuntura Econômica sobre o Comércio Varejista propõe-se a fazer uma discussão acerca do volume de vendas do comércio varejista nacional e estadual, baseando-se nos resultados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A PMC não traz o detalhamento por atividades para o Maranhão, todavia, através da metodologia disponibilizada pelo IBGE, relacionou-se a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) correspondentes às atividades que compõem o comércio varejista com outras bases de dados, as quais ajudam a corroborar o desempenho do varejo estadual. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »