MENU

10/10/2020 às 00h00min - Atualizada em 10/10/2020 às 00h00min

Em Imperatriz, expectativas de aumento nas vendas

Consumidores de “última hora” já estão indo as compras; lojistas do Calçadão da avenida Getúlio Vargas acreditam que o comércio fature 20% a mais em relação ao mesmo período do ano passado, conforme constatou na manhã desta sexta-feira a reportagem de O PROGRESSO

Informações CNDL
Marcone Marques: “estimamos que as vendas aumentem 20% em Imperatriz” - '''Foto: Divulgação
Apesar da pandemia do novo coronavírus, as expectativas são otimistas em relação ao aumento das vendas do Dia das Crianças em 2020 no comércio de Imperatriz.
 
Empresários lojistas de Imperatriz mostram-se confiantes diante do resultado de pesquisa da CNDL em parceria com a Offer Wise, revelando que o cenário de incertezas apresentado pela covid-19 não deverá atrapalhar o Dia das Crianças também em nível local.

As lojas que comercializam produtos para crianças estão preparadas, com novidades e promoções, visando despertar a atenção do público consumidor, principalmente daquelas pessoas que deixaram o presente dos “baixinhos” para a “última hora”.

Segundo o levantamento, o gasto médio previsto com presente será de R$ 209, sendo que oito em cada dez consumidores esperam pagar os produtos à vista. A internet será o principal local de compra.

Os lojistas “estão festejando” em virtude da previsão de que o varejo brasileiro movimente cerca de R$ 10,87 bilhões com as vendas do Dia das Crianças este ano. Ou seja, 72% dos consumidores devem ir às compras.

Para o empresário Manoel Marcone Marques, as vendas do Dia das Crianças registrarão elevação de 20% em relação ao ano passado. Segundo ele, o comércio de Imperatriz “voltou a respirar” e as pessoas já estão indo as compras também em termos de cidade.

Motivado pela movimentação verificada ao longo dos últimos dias em sua empresa, a TOK BOLSAS, localizada no centro comercial de Imperatriz, Marcone Marques acredita que as vendas do Dia das Crianças “sinalizem um final de ano positivo para o comércio”, reforçando que “estamos confiantes e, como sempre, investindo em novidades e promoções”. 

“Estamos preparados e animados, com preços especiais”, conta o vendedor Marcos Freitas, acrescentando que o estoque da loja em que ele trabalha “foi preparado com antecedência”.
Os produtos mais visados neste Dia das Crianças serão as roupas e calçados (38%), bonecos/bonecas (33%) e os jogos de tabuleiro/educativos (28%). A grande maioria dos consumidores que pretende realizar compras para a data optará pela primeira semana de outubro (45%), enquanto 21% o fariam ainda em setembro e 14% irão às lojas na véspera do evento.

Os locais de compra mais citados pelos entrevistados são a internet/lojas virtuais (34%), o shopping-center (31%) e as lojas de rua/bairro (24%).

Os fatores que mais pesam na hora de escolher onde realizar as compras do Dia das Crianças são o preço (52%), as promoções e descontos (41%), a qualidade (31%) e os procedimentos de segurança com relação ao coronavírus (26%).

Os resultados da pesquisa também deixaram eufóricos os lojistas imperatrizenses, principalmente os empresários cujas empresas estão situadas em regiões como o Centro, notadamente o Calçadão, maior centro comercial da região tocantina.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...