MENU

09/10/2020 às 00h00min - Atualizada em 09/10/2020 às 00h00min

Presidente da FMF descarta volta do público aos estádios ainda esse ano

Limitações sanitárias dividem esse cenário em que uma equipe pode ter público e outras não

Dema de Oliveira
Jogos estão sendo realizados com estádios vazios - Foto: Dema de Oliveira/O PROGRESSO

Após a aprovação de um estudo para 30% de público nos estádios, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) continua discutindo com os clubes e as federações a melhor forma para liberar a presença do torcedor nas arquibancadas. 

Desde o mês passado, a CBF tem o aval do Governo Federal, mas essa liberação ainda é fruto de muitas divergências entre os clubes. Isso porque há diferentes cenários epidemiológicos da covid-19 em estados e municípios, ou seja, alguns times poderiam jogar com o apoio da torcida e outros não teriam esse direito, em virtude de limitações sanitárias.

O presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo, que tem participado das discussões, descartou público nos estádios maranhenses e de todo o Brasil ainda para esse ano. “Essa definição ainda não foi tomada pela CBF, em razão de que vai precisar de vários fatores combinados. O primeiro deles é que só pode voltar público nos estádios se isso acontecer em todos os estados, porque não pode liberar no Maranhão e deixar de liberar em Santa Catarina, por exemplo. Isso acarretaria uma diferença muito grande e prejudicaria o clube que não poderia contar com a torcida. Então, vai ser difícil se chegar a esse consenso ainda esse ano, até agora não foi tomada nenhuma decisão e não está muito próximo disso acontecer”, afirmou Américo.

Lembrando que a Federação Maranhense de Futebol chegou a elaborar um protocolo para volta do torcedor nas finais do Campeonato Maranhense, disputadas no fim do mês passado. Porém, a ideia foi vetada pela Secretaria Estadual de Saúde, por falta de tempo hábil para discussão do tema e posterior aprovação.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...