MENU

11/04/2022 às 23h18min - Atualizada em 11/04/2022 às 23h18min

Policial maranhense é morto durante confusão com PM do Pará em Augustinópolis

Confusão entre policiais do Pará deixa um morto e vários baleados em bar no Mercado Central

Assessoria
Leonildo Sousa Cruz, policial penal - Foto: Divulgação
 
Um policial militar do Estado do Pará, identificado como Hudson Thiago Lima de Almeida, de 33 anos, foi morto durante uma confusão na madrugada desse domingo (10), em um bar da cidade de Augustinópolis, no Bico do Papagaio. Pelo menos três pessoas foram baleadas, incluindo outro soldado do Pará. Hudson era maranhense, nascido em Santa Inês e morava em Marabá.

As vítimas foram atingidas por um policial penal após um desentendimento envolvendo o irmão dele e um dos militares.

Segundo testemunhas, no momento da confusão acontecida por volta das 00h50, no Bar do Filemon, na Praça Central do Mercado, um dos policiais teria feito um disparo para o alto para dispersar o tumulto. Neste momento, o policial penal Leonildo Sousa Cruz, também do Pará, teria sacado sua arma e atirado na direção dos militares. O soldado Lima foi baleado e morreu no local. Envolvido na confusão, outro soldado identificado como Ronaldo Macedo foi socorrido com vida. Está internado e passou por cirurgia. Além dos militares, duas mulheres foram atingidas pelos disparos, uma no tórax e a outra no pé.

Dois policiais do Tocantins, o sargento Carlos Augusto da Silva Sousa  e o Cabo Jorge Neto relataram ao delegado Tiago Daniel de Moraes que durante o atendimento, ouviram de testemunhas que o desentendimento teria ocorrido entre os policiais, por motivo futil.

Depois de ter efetuado os disparos, o policial penal fugiu do local e foi preso pela Polícia Militar em Axixá do Tocantins. Ele estava com uma pistola, possivelmente a utilizada para efetuar os disparos que mataram o PM. Ele foi detido e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Araguatins.

O segundo policial militar atingido foi internado e passou por uma cirurgia. O estado de saúde dele e das outras vítimas não foi informado. O policial penal foi transferido para o Presídio Barra da Grota, em Araguaína.

O soldado Hudson Thiago Lima de Almeida era pertencente ao 4º Batalhão de Polícia Militar do Pará (4º BPM), lotado no Destacamento de São João do Araguaia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »