MENU

04/04/2022 às 19h43min - Atualizada em 04/04/2022 às 19h43min

DHPP investiga duplo homicídio no Bairro Ouro Verde

Ação criminosa aconteceu durante a madrugada desta segunda-feira

Dema de Oliveira
Jornal O PROGRESSO
Rogério Alves da Silva e Pedro Vinícius da Silva Fontes, o “Olho de Gato’, foram executados a tiros - Foto: Divulgação/Redes Sociais
 
A Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), por meio de uma de suas equipes, iniciou as investigações para elucidar um duplo homicídio ocorrido na Avenida Silvino Santis, Bairro Ouro Verde, periferia de Imperatriz.

As vítimas foram identificadas como Rogério Alves da Silva, de 24 anos, e Pedro Vinícius da Silva Fontes, de 20 anos. 

Os dois foram encontrados mortos no interior da residência na Avenida Silvino Santis, com marcas de vários tiros. De acordo com a perícia, Rogério e Pedro Vinícius foram assassinados durante a madrugada, conforme a rigidez cadavérica.
De acordo com a polícia, os dois homens foram assassinados a tiros por duas pessoas que estavam encapuzadas e em uma moto, conforme os primeiros levantamentos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ir até o local, mas os dois homens já estavam em óbito. Os dois indivíduos já tinham passagem pela polícia. Pedro Vinícius da Silva Fontes passou uma temporada na Funac. Ele é acusado de ter sido o autor do assassinato do policial militar Wanderson Monteiro, durante um assalto praticado por ele e outros comparsas, a uma loja de venda de celulares, localizada na Rua Paraíba, Juçara em 2019. Pedro Vinícius, que era também conhecido por ‘Olho de Gato’, Cumpriu pena por ato infracional correlato a latrocínio (roubo seguido de morte) por apenas 3 anos.

Cerca de 25 homicídios já foram registrados esse ano em Imperatriz. Foram 5 em janeiro, 9 em fevereiro, 9 em março e 2 em abril, até ontem. No mesmo período do ano passado, foram registrados 28 homicídios, portanto três a menos em 2022.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »