MENU

03/04/2022 às 22h01min - Atualizada em 03/04/2022 às 22h01min

Você sabe o que é Alopecia?

Alopecia androgenética, ou calvície, é uma forma de queda de cabelos geneticamente determinada.

Da Redação
GB Edições
Foto: Reprodução IFSC/USP
  
Muito tem sido falado sobre Alopecia depois que o ator Will Smith esbofeteou o seu colega de profissão, o ator e comediante Cris Rock, em plena cerimônia da entrega do Oscar 2022. Mas, o que Alopecia tem a ver com isso?

Para entender, vamos relembrar o ocorrido, Cris Rock subiu ao palco para entregar o prêmio de Melhor Documentário e começou a fazer comentários e brincadeiras com os demais artistas que estavam na plateia, inclusive com Will Smith e sua mulher, a também atriz Jada Pinkett-Smith. Cris Rock teria “passado do ponto” quando fez piada com a aparência física de Jada que está careca dizendo que esperava ver Jada estrelando o filme “Até O Limite da Honra 2”; no filme, a atriz Demi Moore raspou os cabelos para interpretar uma soldada.  Will Smith não se conteve, foi até o palco, e esbofeteou Cris Rock, além de xingamento com direito a um palavrão. Cris Rock assustou-se, não revidou, contornou a situação e posteriormente pediu desculpas. Dias depois, Will também se desculpou e reconheceu que agiu movido totalmente pela emoção.

A verdade é que Jada Pinkett-Smith sofre há quatro anos de alopecia, uma condição na qual a pessoa perde gradativamente os cabelos de todo o corpo e, apesar de tratamentos, é bastante difícil a reversão. A situação é mais comum nos homens, mas também pode afetar as mulheres. Ambos em qualquer fase da vida. E foi por isso que Will irritou-se com as piadas de Rock e esta não teria sido a primeira vez que o comediante se referiu à aparência de Jada, que optou por raspar totalmente os cabelos em junho do ano passado.

A alopecia é uma condição que promove queda de pelos em qualquer parte do corpo. A quantidade de cabelo perdido pode variar significativamente, desde áreas menores até o corpo todo. Os médicos explicam que este distúrbio pode ser breve ou contínuo, a alopecia afeta diretamente o ciclo de crescimento do cabelo, que ocorre por três fases. A anágena quando acontece o crescimento dos fios, a catágena que é a de transição onde os folículos capilares encolhem e a telógena quando o cabelo repousa de dois a quatro meses, tendo no final dessa etapa, o caimento dos fios para que se retome o ciclo novamente.

Inúmeros fatores estão envolvidos para o desenvolvimento dessa doença, como a genética e a participação autoimune, é importante levar em consideração fatores emocionais, traumas físicos e quadros infecciosos que também podem desencadear ou agravar o quadro, que em caso mais graves pode acometer todo o couro cabeludo. É essencial que a causa relacionada com a doença deve ser identificada, pois assim é possível iniciar o tratamento para aliviar os sintomas e favorecer o crescimento do pelo.

O tratamento deve ser realizado em conjunto com um médico dermatologista, para que as causas sejam identificadas e ele seja bem direcionado. Os tratamentos visam controlar a doença, reduzir as falhas e evitar que novas surjam, podendo ser injeções aplicadas no local, cremes, pomadas e comprimidos de uso oral. 

Não há formas de prevenir a doença, uma vez que suas causas são desconhecidas. Caso perceber alguma normalidade, procure imediatamente um dermatologista.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »