MENU

28/03/2022 às 20h17min - Atualizada em 28/03/2022 às 20h17min

Família de empresário quer saber quem mandou matá-lo

“Depois de 1 ano e 5 meses continuamos sem respostas”, diz familiares

Dema de Oliveira
Jornal O PROGRESSO
Valdine Santos Diniz foi executado a tiros no Entroncamento - Foto: Divulgação/Album de Familia
 
A família, os funcionários e a sociedade imperatrizense querem saber quem mandou matar Valdine dos Santos Diniz. “Depois de 1 ano e 5 meses, continuamos sem respostas. Precisamos de resposta”, dizem familiares.

A quem interessa a impunidade? Por que tanto descaso e desrespeito com a família, os funcionários, os amigos e a sociedade imperatrizense? São respostas que todos da família querem saber.

“Este crime não pode ficar sem solução como tantos outros cometidos nesta cidade. Muitas famílias, assim como nós, se sentem desamparadas, impotentes e fragilizadas pela falta de atuação das autoridades que deveriam cuidar melhor do seu povo”, diz um familiar da vítima. 

Há exatamente um ano e cinco meses que o empresário perdeu a vida de forma covarde e cruel.

Valdine dos Santos Diniz, empresário do ramo da construção civil, dono da empresa Topázio Construções, foi executado a tiros no dia 10 de novembro de 2020, por volta das 17h45, na Rua Guanabara, no Entroncamento, em Imperatriz. Um policial militar chegou a ser preso, suspeito de ser o autor do crime, mas foi solto por determinação da justiça. Entretanto, o mandante do crime sequer foi identificado, mas e se foi não teve a identidade revelada. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »