MENU

25/03/2022 às 22h23min - Atualizada em 25/03/2022 às 22h23min

Ranilton Oliveira e Raelson Almeida participam de Curso do VAR e AVAR em São Paulo

Com o advento do VAR e AVAR, a CEAF iniciou a reciclagem dos árbitros e assistentes maranhenses

Igor Leonardo
Ranilton Oliveira, de Imperatriz, está apto para trabalhar com árbitro do VAR - Foto: Divulgação
 
A Comissão de arbitragem de futebol do Estado do Maranhão, (CEAF-MA), desde de 2021, vem indicando árbitros e assistentes do seu quadro, para realizarem o curso de arbitragem VAR (Árbitro) e AVAR (assistente), na cidade de Água de Lindóia, em São Paulo.

Os cursos no interior paulista tem como objetivo formar e qualificar os árbitros e assistentes, para trabalharem nos jogos da Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, na temporada 2022.

No último final de semana, foi a vez do árbitro Ranilton Oliveira de Sousa (VAR) e o assistente Raelson Almeida (AVAR), concluirem o curso realizado no interior de São Paulo.

No estado do Maranhão, os seguintes árbitros estão capacitados para trabalhar como VAR e AVAR. José Henrique de Azevedo Júnior, Maykon Matos Nunes e Ranilton Oliveira de Sousa (VAR), enquanto Antônio Adriano de Oliveira, Rafael Max Borges Pereira e Raelson Almeida, como AVAR.

“As portas se abriram para os árbitros do estado do Maranhão serem escalados, tanto no campo com o árbitro José Henrique de Azevedo Júnior e os assistentes Antônio Adriano de Oliveira e Raelson Almeida, no jogo da semifinal da Copa do Nordeste, entre Fortaleza x CRB-AL e depois foi escalado no VAR pela primeira vez.

O assistente Antônio Adriano de Oliveira foi escalado no AVAR, no jogo CSA X Sport.

“Fica nosso agradecimento, ao apoio dado pelo presidente da Federação Maranhense, Dr. Antônio Américo Lobato Gonçalves”, declarou o presidente da CEAF-MA, Marcelo Filho.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »