MENU

24/03/2022 às 22h29min - Atualizada em 24/03/2022 às 22h29min

Funcionário dos Correios é preso pela PF suspeito de desviar encomendas no Tocantins

Agentes cumpriram mandados de busca e apreensão em Gurupi e Araguaçu

Assessoria
PF desarticula associação criminosa especializada em receptação de encomendas dos Correios - Foto: Divulgação / PF
 
A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (24/3) mais uma operação no Tocantins, ‘Circumitus’, dessa vez com o objetivo de desarticular uma associação criminosa especializada em receptação de objetos e encomendas desviados dos Correios no Estado.

Agentes da PF cumprem 03 mandados de busca e apreensão nas cidades de Gurupi e Araguaçu, expedidos pela Justiça Federam em Gurupi. Um funcionário dos Correios foi preso. O nome dele não foi divulgado pela polícia.

Conforme a PF, as investigações iniciaram em julho de 2020 com o objetivo de apurar o desvio de aparelhos celulares postados na agência dos Correios em Araguaína, com destino ao sul do Estado.

Todos os anos milhares de objetos postais transportados pelos Correios são desviados, abastecendo o comércio ilegal de produtos eletrônicos e aparelhos celulares, gerando graves prejuízos para a empresa pública.

A operação de hoje visa à apreensão de novos elementos de provas e de bens adquiridos com o produto dos crimes, a fim de ressarcir os prejuízos causados.

Segundo a PF, os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de peculato-desvio, receptação e associação criminosa cujas penas somadas podem chegar a 07 anos de reclusão, além de outras práticas criminosas que venham a ser identificadas no decorrer das investigações.

A operação foi denominada ‘Circumitus’ em alusão ao vocábulo “desvio” oriundo do latim.

Notícias Relacionadas »
Comentários »