MENU

24/03/2022 às 22h25min - Atualizada em 24/03/2022 às 22h25min

Araguainenses beneficiários do Auxílio Brasil devem realizar acompanhamento de saúde

Moradores têm até o dia 30 de junho para procurar uma UBS e garantir a continuidade do auxílio

Assessoria
O procedimento é obrigatório. No caso das crianças é realizada uma avaliação para acompanhar o estado nutricional e verificada a atualização do cartão de vacina - Foto: Ascom Araguaína / Marcos Sandes
 
A Prefeitura de Araguaína iniciou o período de acompanhamento de saúde voltado para os beneficiários de programas do Governo Federal, como o Auxílio Brasil, que substituiu o Bolsa Família. Os usuários têm até o dia 30 de junho para procurarem uma UBS (unidade básica de saúde) e realizar a consulta.

O acompanhamento é obrigatório para manutenção do benefício. Durante o procedimento é verificado o calendário de vacinação e o estado nutricional (peso e altura) de crianças menores de 7 anos, além da realização do pré-natal para as mulheres gestantes de qualquer idade beneficiadas pelo programa.

De acordo com a coordenadora municipal do Programa Auxílio Brasil, Divina Pimenta, essa condição estimula as famílias a acessarem as políticas públicas de assistência social. “Os programas oferecem às famílias de baixa renda um auxílio financeiro e em contrapartida a população que recebe o benefício se compromete a manter o acompanhamento de saúde, beneficiando gestantes, nutrizes, crianças e adolescentes, além de contribuir para a identificação das vulnerabilidades sociais”.

Outros benefícios
A gestação precisa ser informada até o nono mês para que além do Auxílio Brasil, a mulher seja incluída no Benefício Variável da Gestante (BVG). Após isso, é necessário ainda cumprir com outros requisitos obrigatórios do Governo Federal, como as consultas do pré-natal. Depois do nascimento do bebê, a mãe deverá ir à Secretaria da Assistência Social do Município para inserir a criança no cadastro, garantindo as seis parcelas do Benefício Variável da Nutriz (BVN).

Como fazer
Durante a visita à UBS é necessário apresentar o cartão do Auxílio Brasil e cartão de vacinação das crianças. Já no caso das mulheres grávidas, o cartão da gestante deve ser entregue.

Os usuários podem procurar qualquer UBS. As UBS atendem das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, com exceção das Dr. Francisco Barbosa de Brito (Vila Aliança) e Araguaína Sul, que atendem em horário estendido, das 7 às 18 horas.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »