MENU

18/03/2022 às 18h05min - Atualizada em 18/03/2022 às 18h05min

Estudantes do curso de Geografia realizam visita técnica e aula de campo

As visitas ocorreram em Carolina, região maranhense da Chapada das Mesas

Ascom UEMASUL
Em visita ao Museu Histórico de Carolina observou-se as diferentes épocas do município e os elementos culturais/históricos que marcaram cada período - Foto: Ascom UEMASUL
 
Um grupo de 18 acadêmicos e acadêmicas do curso de Geografia  do Centro de Ciências Humanas, Sociais e Letras, (CCHSL), campus Imperatriz, participou no último domingo (13), de visita técnica e aula de campo promovida pela Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL). A turma está no 7º período e encontra-se em fase de conclusão da disciplina de Geografia Cultural, ministrada pela reitora, professora Luciléa Ferreira Lopes Gonçalves. Neste contexto, a aula de campo teve como objetivo, conhecer a cultura do município de Carolina em todos os aspectos culturais e sensoriais que esta pode proporcionar, desde os patrimônios histórico, arquitetônico, material, turístico, paisagístico, até a culinária local.

A acadêmica Carolina Gualberto participou da viagem e destacou a quantidade de aprendizagem adquirida. “Realmente foi uma experiência incrível! Durante a visita técnica foi possível conhecer o processo de formação territorial da cidade de Carolina e como os fatores sociais, econômicos e culturais influenciaram nesse processo, além de ser possível compreender as formas de uso e território do solo que produzem na comunidade local uma relação de pertencimento, que transforma o lugar em território sagrado através dos cultos, templos, comidas e músicas locais”, relembrou Gabriela.

O cronograma de visitas teve início no Mercado Municipal, onde os alunos puderam desfrutar de experiência sensorial da culinária local. Em seguida, o grupo visitou o centro histórico da cidade, onde, a convite de moradores locais, adentraram algumas residências e observaram a estrutura interna, as técnicas construtivas utilizadas e os estilos dos imóveis, construídos há dezenas e até centenas de anos. Ainda em visita ao centro histórico, a turma visitou o Museu Histórico de Carolina, onde pôde conhecer a origem, história e formação município.

No período da tarde, o grupo prosseguiu até a Aldeia do Leão, para realização de trilhas, onde conheceu a Ecovila, a Bacia de evapotranspiração e uma cachaçaria artesanal. Posteriormente, o grupo seguiu a trilha do Morro Timbira, que em seu topo possui 700 metros de altura, onde tiveram a experiência visual da paisagem e da formação dos Morros Testemunhos que formam a chapada das mesas. A experiência proporcionou dentre outras coisas, a análise do relevo e formações rochosas da região.

Todo o roteiro da viagem foi preenchido com aulas e explicações técnicas da região, proferidas pela professora Luciléa Ferreira Lopes Gonçalves, e pelo guia turístico que acompanhou a turma. Durante as conversas foi apontada a riqueza da região, sobretudo em relação os tipos de sítios arqueológicos, bem como o impacto que a região e os sítios acabam sofrendo por conta de alguns empreendimentos e a própria degradação do meio ambiente.

A professora Luciléa Ferreira Lopes Gonçalves, já ministrava a disciplina de Geografia Cultural para a turma do curso de Geografia, quando foi eleita reitora da UEMASUL, em outubro de 2021. Agora, enquanto reitora, ela reafirma a importância de ferramentas como visita técnica e aula de campo no processo de aprendizagem. “A UEMASUL permanecerá buscando metodologias, ferramentas e ações que potencializem a aprendizagem. As atividades desenvolvidas nesta viagem atendem a esta função, agregam mais conhecimento ao que já foi adquirido em sala de aula, de forma didática e sensorial”, ressaltou Luciléa.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »