MENU

15/03/2022 às 19h17min - Atualizada em 18/03/2022 às 00h02min

A Contrapartida 2: uma obra de suspense que exalta a cultura brasileira

Thriller de Uranio Bonoldi tem enredo com assassinatos em série, tribo indígena extinta e desejo de vingança

SALA DA NOTÍCIA Graziela Massonetto
Era um dia de outono no bairro da Santa Cecília, em São Paulo. Octávio estava aflito e só pensava em voltar atrás em sua decisão. Assim começa a obra “A Contrapartida 2: Contra-Ataque”, do escritor Uranio Bonoldi. O thriller transporta o leitor logo nas primeiras páginas para o enredo de mistério e suspense que permeia os personagens. Além de retratar passagens em São Paulo, o livro também mostra outras regiões do Brasil, como Mato Grosso do Sul e a floresta Amazônica, trazendo um roteiro brasileiríssimo para a trama.

“Quando falamos em thrillers e suspense, pensamos logo em personagens estrangeiros, que moram na Europa ou nos Estados Unidos. Fiz questão de desenvolver toda a história com personagens que nasceram aqui, tendo a diversidade brasileira como um dos elementos principais da obra”, comenta Uranio. O autor escreve sobre uma tribo indígena fictícia, que já foi extinta, e usa algumas palavras em tupi-guarani nas falas dos personagens. “Procurei trazer a ancestralidade e dar espaço à voz indígena”, diz.

Nesse segundo volume, a história do jovem que faz de tudo para não frustrar a mãe e honrar a memória do pai, e sua governanta indígena, Iaúna, continua com questões que envolvem o passado, novos personagens e reviravoltas em uma história ágil e tensa ao mesmo tempo. “Essa sequência coloca o leitor diante de situações em que a maldade, motivada pela vingança, desencadeia uma série de acontecimentos que fogem ao controle dos envolvidos na trama”, revela Uranio.

Para fazer as ligações com fatos descritos no livro I, bem como outros acontecimentos, a narrativa avança e retrocede no tempo com fluidez e dinamismo, características que se tornaram marca registrada de Bonoldi, que provoca: “Se estivéssemos no lugar de muitos dos personagens, faríamos a mesma escolha? Tomaríamos o caminho da vingança?”. 
Sobre o autor 
Uranio Bonoldi não perde uma oportunidade de viajar, pois adora conhecer lugares novos, fazendo caminhadas ou pedalando, bem como de participar de programas culturais. Leitor eclético, gosta de livros de ficção, como os de Stephen King, e de não ficção, de filósofos contemporâneos, como James Hollis, além de leituras sobre gestão. Sedento por conhecimento e muito curioso desde sempre, Uranio acredita que a busca pelo autoconhecimento e estar em sintonia com os próprios valores são fundamentais para o bem viver.
Além de escritor, palestrante e especialista em negócios e tomada de decisão, é professor do Executive MBA da Fundação Dom Cabral, onde leciona sobre "Poder e Tomada de Decisão".
Foi educado no método Waldorf, e graduou-se e pós-graduou-se em administração de empresas pela FGV-SP. Mora em São Paulo com a esposa e é pai de dois filhos.
Em seu Livro 1, a série "A Contrapartida" cativou rapidamente milhares de leitores, tornando-se um best-seller principalmente pela qualidade da trama e pela valorização da diversidade cultural brasileira.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »