MENU

09/03/2022 às 21h35min - Atualizada em 09/03/2022 às 21h35min

Diretoria do Cavalo de Aço realiza reunião de trabalho

Vários assuntos foram tratados, mas a pauta principal foi a participação do Imperatriz no Maranhense Série B 2022

Dema de Oliveira - Jornal O PROGRESSO
Diretoria com os novos pares realizou ontem à tarde reunião de trabalho - Foto: Dema de Oliveira/O PROGRESSO
 
A diretoria do Imperatriz realizou no fim da tarde desta quarta-feira (9) uma reunião de trabalho, nos ajustes que estão sendo feitos para a temporada de 2022. Falar em reunião de trabalho no Imperatriz, com a participação de toda a diretoria, cada um em seus respectivos cargos, é um fato até inédito no clube. 

Na reunião, vários assuntos foram tratados, mas a pauta principal foi a participação do Imperatriz no Campeonato série B de 2022, ocasião que o time vai buscar o seu retorno à primeira divisão do futebol maranhense, da qual o Colorado deixou escapar no ano passado. Entretanto, foram discutidos também a participação do time no Campeonato Maranhense sub-19, advento das escolinhas que serão montadas, porque até que enfim apareceu uma diretoria para pensar nessa questão, entre outros assuntos, como a apreciação ao nome do novo treinador, que deverá ser anunciado nos próximos dias. 

E a diretoria já está trabalhando muito, como por exemplo, o novo diretor de futebol Halysson Dias, que tinha como atividade no esporte o futsal e que agora veio para o futebol, esteve em São Luis, onde buscou recursos para a base do Cavalo de Aço, por meio do Incentivo ao Esporte. 

Na capital maranhense, Halysson Dias esteve com o presidente do CAPEI (Comissão de Análise de Projetos Esportivos Incentivados). É justamente nesse órgão, que são entregues os projetos, tendo como base as escolinhas de futebol, que são amadoras, já que o Projeto do Incentivo ao Esporte, não contempla clubes profissionais. 

Portanto, a diretoria já está se movimentando e trabalhado para que a temporada de 2022, seja melhor do que as três últimas, que aconteceram muitos fatos desagradáveis, que acabaram deixando o Imperatriz fora de qualquer série do futebol brasileiro e na segunda divisão do futebol maranhense.

Notícias Relacionadas »
Comentários »