MENU

08/03/2022 às 19h51min - Atualizada em 08/03/2022 às 19h51min

Servidor público é preso após ser condenado a mais de 13 anos de reclusão por estupro de vulnerável em Imperatriz

De acordo com os autos, a vítima, que é do círculo familiar do condenado, possuía 10 anos na época do crime

Dema de Oliveira - Jornal O PROGRESSO
Servidor público preso por estupro foi apresentado na Delegacia - Foto: Divulgação
 
Um servidor público, que não teve a identidade revelada, foi preso na manhã dessa terça-feira (8) acusado de estuprar uma criança de 10 em Imperatriz. O homem foi condenado à pena de 13 anos, três meses e 22 dias de reclusão pela prática do crime de estupro de vulnerável.

O mandado de prisão definitiva foi cumprido pela Polícia Civil, por meio do Grupo de Pronto Emprego (GPE) da 10° Delegacia Regional de Imperatriz.

De acordo com os autos, a vítima, que é do círculo familiar do condenado, possuía 10 anos na época do crime. Os estupros ocorreram durante o ano de 2016, sendo descobertos somente no início do ano de 2017.

O acusado que é servidor público, foi preso no seu local de trabalho e encaminhado à Delegacia Regional de Imperatriz. Depois de ser ouvido foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde fez exame de corpo de delito e em seguida transferido para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz, onde se encontra à disposição da justiça. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »