MENU

04/03/2022 às 19h34min - Atualizada em 04/03/2022 às 19h34min

Março Lilás: Unidade Móvel Oncológica divulga cronograma de atendimentos

Atividades serão realizadas na Praça de Fátima, Centro Novo, Lagoa Verde e KM 1700

Luana Barros - Ascom
Entre os dias 03 a 11 de março: Praça de Fátima, de 8h às 17h - Foto: Arquivo
 
A Campanha Março Lilás é dedicada à conscientização sobre a importância da prevenção e combate ao câncer de colo do útero. Em Imperatriz, a Unidade Móvel Oncológica, mantida pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) divulga os locais onde serão realizados os atendimentos em todo este mês.

Entre os dias 03 a 11 de março: Praça de Fátima, de 8h às 17h; de 14 a 18 de março: UBS Centro Novo - 8h às 11h30min; de 21 a 25 de março: Lagoa Verde - 8h às 11h30min e de 28 a 31 de março: KM 1700 - 8h às 11h30min.

“A melhor maneira de prevenir casos de câncer é levando informações e atendimentos à nossa população. Por isso, a Semus mantém a Unidade Móvel Oncológica, mais conhecida como Ônibus Rosa. Local é adaptado e lá funcionam consultórios médicos e espaço de coleta de material. Lembrando que o Ônibus Rosa realiza atendimentos durante todo o ano, embora as ações sejam intensificadas alguns meses em decorrência de campanhas específicas.”, informou o secretário de Saúde, Alcemir Costa.

A prevenção específica do câncer do colo do útero é feita através de vacina e do exame Papa Nicolau. Por isso a importância de se procurar um especialista. Toda mulher que tem ou já teve vida sexual, que estão entre 25 e 64 anos, devem fazer o exame. Devido à longa evolução da doença, preventivo pode ser realizado a cada três anos. Para maior segurança do diagnóstico, os dois primeiros exames devem ser anuais. Se os resultados estiverem normais, sua repetição só será necessária após três anos.

Dentre os serviços ofertados pelo Ônibus Rosa, estão as consultas, exames de prevenção do colo do útero, cadastro para mamografia e o exame do PSA para homens. “Em casos do exame de prevenção do colo do útero é necessário que a mulher esteja há três dias sem ter relações sexuais e sete dias antes ou depois da menstruação”, observou a coordenadora da unidade, Vilenice Batista.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »