MENU

27/02/2022 às 21h15min - Atualizada em 27/02/2022 às 21h15min

Primeiras policlínicas do Governo completam dois anos com mais de 2 milhões de atendimentos

Da Redação - Agência de Notícias/MA
Foto: Divulgação Agência de Notícias/MA
  
Primeiras inauguradas pelo Governo do Maranhão, as policlínicas Cidade Operária, Diamante, Vila Luizão e Vinhais completam, nesta segunda-feira (28), dois anos de funcionamento, somando mais de 2 milhões de atendimentos. As unidades, que compõem a rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e que são gerenciadas pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), ajudam milhares de pessoas a terem acesso a atendimentos de saúde de qualidade. 


De fevereiro de 2020 ao mesmo mês de 2022, a policlínica da Cidade Operária realizou 284.178 atendimentos. A aposentada Maria Queiroz Lima, de 75 anos, é paciente da unidade e já realizou diversas consultas e exames. “Estou muito satisfeita com os serviços oferecidos aqui e com o atendimento. É muito bom ter uma policlínica perto da minha casa. Agora é muito mais fácil cuidar da minha saúde e da minha família”, afirmou. 

A policlínica da Cidade Operária oferece consultas em diversas áreas, dentre elas, cardiologia, dermatologia, ginecologia, nefrologia, neurologia, além de exames como ultrassonografia, ecodopplercardiograma, endoscopia, preventivo, entre outros. 

“As policlínicas promoveram um grande salto nos atendimentos ambulatoriais e na realização de exames, que era o objetivo do Governo do Estado ao inaugurá-las. É importante frisar que isso foi feito com qualidade assistencial. Ganhou a rede de saúde e, principalmente, a população”, destacou o presidente da Emserh, Marcos Grande. 

Outra policlínica a completar dois anos de funcionamento é a do Diamante, localizada no centro da capital. O equipamento de saúde contabiliza 990.067 atendimentos. É uma unidade ambulatorial que funciona de domingo a domingo com horário diferenciado, até às 22h. Realiza em média mil atendimentos por dia e é referência no tratamento de hepatites, fazendo inclusive, a dispensação de medicamentos de alto custo para tratamento da doença. 

Também na policlínica do Diamante há o Espaço do Diabético, onde são feitos curativos em pacientes com pé diabético e úlcera venosa, além da dispensação de insulinas análogas, que são de alto custo. “Esta é uma unidade que tem a vantagem de ser centralizada e, por isso, nós conseguimos atingir e receber pacientes de várias áreas da cidade e até mesmo do interior do estado, que por meio da central de regulação, são encaminhados para realização de exames”, destacou a diretora Ana Flávia Lustosa. 

Os moradores do bairro Vila Luizão e adjacências também contam com uma policlínica, que em dois anos realizou 496.475 atendimentos. Dentre as especialidades ofertadas, as que têm maior procura são dermatologia, endocrinologia, ginecologia / obstetrícia e ortopedia e traumatologia. 

Com 380.154 atendimentos, a Policlínica do Vinhais também registra grande demanda. As especialidades mais procuradas na unidade de saúde são neurologia, reumatologia, cardiologia, ginecologia e ortopedia. 

Agendamentos

Para agendar atendimento nas policlínicas, há três canais disponíveis: Disque Saúde (98) 3190-9091; Vivas (Beira Mar e Shoppings da Ilha, Golden e Pátio Norte) e Procon (app e site). É preciso ter o RG, cartão do SUS e encaminhamento para consulta ou exame.  O Governo do Estado já entregou 12 policlínicas em todo o Maranhão. Na capital são seis: Diamante, Cidade Operária, Cohatrac, Vinhais, Vila Luizão e do Idoso. Os municípios de Imperatriz, Açailândia, Matões do Norte, Barra do Corda, Presidente Dutra e Santa Inês, também contam com policlínicas.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »