MENU

21/02/2022 às 23h21min - Atualizada em 21/02/2022 às 23h21min

AGU pede que STF retire sigilo de investigações da CPI da Pandemia

No fim de novembro, a Procuradoria-Geral da República (PGR) havia enviado dez pedidos de investigação abertos com base no relatório final da CPI.

Wellton Máximo - Repórter da Agência Brasil / Brasília
Procurador quer tornar público nove pedidos de apuração ao Supremo - © Marcelo Camargo/Agência Brasil

  
O procurador-geral da República Augusto Aras pediu hoje (21) que o Supremo Tribunal Federal (STF) retire o sigilo de nove investigações preliminares abertas com base no relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. No fim de novembro, a Procuradoria-Geral da República (PGR) havia enviado dez pedidos de investigação.

Com a decisão, apenas um pedido continuará sob segredo de Justiça. Em nota, a PGR informou que o sigilo prejudicava “o acesso da sociedade, dos investigados e da imprensa às providências investigativas já adotadas, dificultando o acompanhamento de diligências, perícias, informações, documentos, dados e análises que constam da apuração”.

A abertura do sigilo era uma reivindicação da cúpula da CPI da Pandemia. No último dia 9, os senadores Omar Aziz (PSD-AM), Renan Calheiros (MDB-AL) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP) haviam pedido que o STF derrubasse o sigilo.

Até agora, não era possível saber o conteúdo dos pedidos nem a identidade dos investigados. Os pedidos de investigação da PGR foram distribuídos a seis ministros distintos no Supremo.


Notícias Relacionadas »
Comentários »