MENU

14/02/2022 às 21h06min - Atualizada em 14/02/2022 às 21h06min

​Suspeito do assassinato brutal de taxista de Araguaína é capturado pela Polícia Civil

O crime chocou a população pela brutalidade que foi cometido

Com Informações da Polícia Civil
Momento em que o suspeito foi capturado pela polícia - Foto: Divulgação/DHPP
 
O principal suspeito de assassinar o taxista araguainense Manuel Ferreira Lima, de 67 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (14) na cidade de Piraquê. O fato chocou a população da cidade pela brutalidade do crime.  

O suspeito, Carlos Daniel Araújo Pereira, de 21 anos, teve a prisão temporária decretada pela Justiça e foi capturado por meio de uma força-tarefa montada pela 30ª Delegacia de Polícia de Wanderlândia em conjunto com a 2ª Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (2ª DHPP) e da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR).

De acordo com o delegado Alexander Pereira da Costa, da 30ª DP, a motivação do crime seria patrimonial (latrocínio - roubo seguido de morte). No dia do crime, o bandido levou o celular da vítima, além de uma quantia em dinheiro. Já o táxi ficou ao lado do corpo por ser um veículo caracterizado. O taxista era muito conhecido na cidade de Araguaína.

O crime bárbaro revoltou a população de Araguaína, pois fora cometido com sinais de tortura e extrema violência. O delegado Alexander Costa enfatizou que a elucidação do crime traz uma resposta para a sociedade. “A atuação conjunta entre as delegacias permitiu identificar os fatos e efetuar a prisão do suspeito. Um trabalho integrado que reforça o compromisso da PC-TO com a segurança dos cidadãos desse Estado”, destacou a autoridade. 

Durante as investigações, a polícia realizou digilências tanto em Araguaína quanto em Piraquê. “A partir dessas diligências, conseguimos vários elementos que foram apontando para esse suspeito”, disse. O delegado revelou ainda que no dia do crime o taxista havia sacado o seu benefício previdenciário, mas a carteira foi encontrada vazia.

Carlos Daniel é um morador da região de Piraquê e não tem registro criminal, o que surpreendeu a polícia. A prisão temporária tem prazo de 30 dias, mas pode ser prorrogada.

Após os procedimentos legais cabíveis, o suspeito foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA) onde permanecerá à disposição da Justiça. 

O crime 
O taxista Manuel Ferreira Lima foi brutalmente assassinado no dia 1º de fevereiro. O corpo dele foi encontrado por volta das 21h30 no Povoado Santa Marta, zona rural do município de Piraquê.

A Polícia Militar foi acionada por um homem que avistou o cadáver às margens da BR-153, perto do povoado. O corpo estava coberto por galhas de mato e tinha sinais de tortura, além de lesões no braço e um corte no pescoço. O assassino ainda teria passado com um carro por cima do braço da vítima.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »