MENU

11/02/2022 às 23h33min - Atualizada em 11/02/2022 às 23h33min

Cordino também entra com ação no TJD-MA por conta da utilização Danilo pelo São José

Ação do Cordino reforça pedido do Tuntum na Justiça Desportiva para julgamento do “Caso Danilo”

João Ricardo
São José está na semifinal, mas classificação está sendo contestada - Foto: Marcus Parga / Ascom São José
 
O Cordino também entrou com pedido liminar de mandado de garantia no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA) contestando a utilização do lateral Danilo pelo São José, no jogo contra o próprio Cordino, na primeira fase do Campeonato Maranhense. O Tuntum foi o primeiro clube a entrar com a denúncia no tribunal, logo após a manifestação da Federação Maranhense de Futebol (FMF) dando parecer favorável ao São José.

O Tuntum também entrou com uma notícia de infração na Procuradoria da Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão contra o São José. A documentação enviada pelo time da Região Central é referente ao caso Danilo, que segundo o clube teria atuado de maneira irregular.

Antes dos clubes acionarem a justiça desportiva, a FMF divulgou um parecer favorável ao São José. Segundo a FMF, “não há que se falar em irregularidade, tampouco perda de pontos por parte do São José de Ribamar Esporte Clube, no Campeonato Maranhense Série A 2022, pelo fato de que quando do início da Competição, em 23/01/2022, o atleta Danilo Oliveiro Araújo, CBF 611572 encontrava-se na situação de sem vínculo com qualquer agremiação”.

Entenda o caso
Danilo estava no Juventude antes de acertar com o São José. No Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, a rescisão com o antigo clube e o contrato com o atual aparecem no mesmo dia, 28 de janeiro. Sendo que o Estadual começou no dia 23 de janeiro. No entanto, no sistema interno, que somente clubes, as federações e a CBF têm acesso, o Gestão WEB da CBF a rescisão do jogador com o Juventude foi no dia 17 de janeiro, portanto bem antes do início do campeonato, o que não fere o regulamento do Estadual. A discussão é essa. Cordino e Tuntum querem que o BID seja respeitado, enquanto que o São José e a FMF dizem que o Gestão WEB é o padrão a ser seguido neste caso.

O artigo que causou toda a polêmica foi o Artigo 7º que diz:
§2º - Após o início da competição, atleta que possua vínculo e/ou contrato (amador ou profissional) com alguma das equipes participantes da competição, não poderá atuar por qualquer outra equipe participante, independentemente de ter sido inscrito ou não na competição, e/ou ter atuado ou não, pela primeira equipe.

O Cordino busca a punição do São José pelo fato de estar tentando fugir do rebaixamento. O Tuntum, por outro lado, quer a vaga do São José na semifinal do primeiro turno. Por enquanto não há datas nem para o julgamento do TJD, nem para os jogos da semifinal. O São José avançou em segundo lugar do Grupo B e tem o confronto definido contra o Sampaio na semifinal, com jogo único no Castelão.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »