MENU

09/02/2022 às 21h48min - Atualizada em 09/02/2022 às 21h48min

Retorno às aulas tem blitzen educativas para sensibilizar motoristas e pedestres em Araguaína

Ação nas escolas e creches municipais segue até sexta-feira, 11, e tem como objetivo conscientizar pais, alunos, professores e comunidade sobre um trânsito seguro

Assessoria
As informações dos agentes são sobre os cuidados e comportamentos - Foto: Ascom/Marcos Sandes
 
Com cartazes e panfletos educativos, o retorno às aulas contou com blitzen educativas para sensibilizar motoristas e pedestres. Nessa terça-feira, 8, a parada dos agentes do Departamento de Educação para o Trânsito da ASTT (Agência de Segurança, Transporte e Trânsito) de Araguaína foi em frente à Escola Municipal Professor Josefa Dias, no Setor Araguaína Sul.

Pais e alunos foram recepcionados com informações sobre os cuidados e comportamentos adequados para garantir um trânsito seguro na entrada e saída das crianças nas escolas. A preocupação é com a intensa movimentação de pessoas e veículos.

“Muito importante essa ação, como mãe é sempre uma preocupação com a segurança das minhas filhas. Aqui nessa região, é muito grande o movimento todo dia e a gente fica com medo de acidentes pela falta de atenção dos motoristas e pedestres, principalmente da travessia da faixa de pedestre”, destacou a dona de casa Danielly Pereira, de 33 anos, mãe da Rafaela, de 5, e da Valentina, de 3.

A programação começou na segunda-feira, 7, com uma blitz educativa na Escola Municipal Simão Lutz, também no Araguaína Sul, e segue até a sexta-feira, 11.

Respeito à vida
Durante as blitzen, os agentes flagraram situações como a falta de atenção dos motoristas com a faixa de pedestre, excesso de velocidade, falta do cinto de segurança, crianças sem capacete em motocicletas e sem cadeirinha nos carros e pedestres que não dão sinal da vida para atravessar a faixa.

“Infelizmente, são situações comuns no trânsito e por isso nosso trabalho é reforçar que as medidas de segurança sejam usadas para evitar transtornos, gerando o respeito à vida. Aqui orientamos aos motoristas, por exemplo, que evitem as filas duplas, estacionem corretamente seus veículos e acompanhem seus filhos até a porta da escola”, explicou o agente de trânsito da ASTT, Edivan Batista.

Entre outras recomendações, o uso do bebê-conforto fixado no banco para crianças de até 1 ano de idade, utilização da cadeirinha na faixa etária de 1 a 4 anos, assento elevado para crianças de 4 a 7 anos e meio, além de evitar transportar menores de 10 anos de idade no banco da frente.

Colaboração de todos
Para a diretora do CEI Josefa Dias, Francisca Kelley Coelho, a intenção é continuar o trabalho educativo nas aulas. Atualmente, a unidade de ensino conta com 230 alunos matriculados na faixa etária de até 5 anos.

“Fundamental a parceria entre a Rede Municipal de Ensino e a ASTT no trabalho preventivo, mantemos essas orientações nas nossas salas de aula, afinal a conscientização precisa começar cedo. A creche é localizada em uma rua muito movimentada e todo cuidado é necessário para assegurar a entrada e saída tranquila dos nossos pequenos”, concluiu a diretora.

Notícias Relacionadas »
Comentários »