MENU

30/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 30/09/2020 às 00h00min

Fugitivo de Pedrinhas preso em Imperatriz é encontrado morto em cela da UPRI

É o segundo caso de morte de preso em Unidade Prisional de Imperatriz nesse ano

Dema de Oliveira
Walyson Macêdo Frazão, o ‘Caçula’, amanheceu morto em uma cela da UPRI - Foto: Arquivo/O PROGRESSO
A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPPP), está investigando a morte de um preso, ocorrida na Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz (UPRI), antiga Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ).

O detento é Walyson Macêdo Frazão, conhecido por ‘Caçula’,que tinha sido preso na última segunda-feira (28), durante uma operação da Polícia Militar na Vila Chico do Rádio, área da Lagoa Verde. Walyson Macedo Frazão foi baleado por policiais militares por ter reagido à prisão. Antes de ser apresentado na Delegacia Regional de Polícia Civil, passou pelo Socorrão para ser medicado. Por volta de 21h de segunda-feira, ele foi levado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz e colocado sozinho em uma cela, onde amanheceu morto nesta terça-feira. 

O delegado Praxisteles Martins, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), informou que o corpo de Walyson será submetido a necrópsia para que seja conhecida a causa da morte. “Estamos investigando para que possamos chegar a uma conclusão de como foi a morte de Walison, se foi homicídio ou se morreu em função de um mal súbito”, disse.

Walyson era suspeito de envolvimento na morte do gesseiro Fernando Rodrigues da Costa, ocorrida no fim da noite de domingo passado. 

Esse foi o segundo caso de morte de preso na Unidade Prisional de Imperatriz, nesse ano de 2020.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...