MENU

02/02/2022 às 15h28min - Atualizada em 03/02/2022 às 00h00min

Blue anuncia sorteio de bolsa integral de estudos para sexta turma de programação que começa em fevereiro

Para concorrer ao sorteio da bolsa o candidato precisa ter sido aprovado na fase de seleção, além de passar por uma avaliação, onde deverá contar a razão que o faz querer ser um programador. As inscrições para a sexta turma terminam em 14 de fevereiro. 

SALA DA NOTÍCIA Caren
Daniela Lopes, CEO da Blue
A Blue EdTech que atua como uma escola de tecnologia para formar programadores e ajudá-los a conquistar uma vaga de emprego na área, anunciou que, para comemorar o número recorde de mais de 4 mil inscrições em sua próxima turma do curso de programação, irá realizar o sorteio de uma bolsa de estudos integral para os matriculados da sexta turma, que inicia as aulas em 21 de fevereiro. Os interessados terão até o dia 14 de fevereiro para realizar sua inscrição.

Para participar do sorteio da bolsa de estudos, o candidato deverá ser aprovado no processo seletivo da Blue e concluir sua matrícula. Durante essa fase ele responderá um quiz de perguntas e respostas bem como um teste de lógica. Em seguida, o candidato passará pelo desafio Blue, que auxilia o aluno para que ele descubra em qual área tem maior aptidão: web ou análise de dados. Após a entrevista e o envio da documentação necessária para a efetivação da matrícula, durante a entrevista o aluno irá contar um pouco sobre a sua história e os motivos que o levaram a ingressar na área de programação. Após a análise dos inscritos, o sorteio da bolsa será realizado no dia 17 de fevereiro, em uma live diretamente pelo perfil da Edtech no Instagram, às 20h00.  

Voltados, principalmente, à formação de jovens em situação de vulnerabilidade social, oferecendo um modelo de financiamento no qual o aluno só começa a pagar o equivalente a uma porcentagem do seu salário quando for contratado e estiver ganhando a partir de R$ 3.000,00, os cursos também oferecem oportunidades para um público mais diversificado que inclui desde quem nunca teve experiência com programação, com idade mínima de 16 anos, e também aquelas que estão em processo de transição de carreira. 
 
Para Daniela Lopes, CEO da Blue, essa é a chance que faltava para aqueles que sempre tiveram vontade de construir uma carreira de sucesso em uma das áreas de maior crescimento e com mais oportunidades de trabalho do país. “O nosso propósito é transformar a realidade das pessoas através da educação. Somos uma escola de tecnologia de informação que realmente trabalha para criar pontes entre pessoas, conhecimento e empresas e oferecer essa bolsa de estudos é também uma forma de retribuir toda a confiança que os alunos depositaram em nós nos últimos meses”, afirmou a CEO, lembrando que a Edtech está presente no mercado desde 2020 e atualmente já conta com 10% de seus alunos empregados por empresas parceiras.  

Os cursos são divididos nas disciplinas de Desenvolvimento de Software (Frontend, Backend, Full Stack) e Analytics (Ciência de dados), e são compostos por dois ciclos de desenvolvimento de competências: Hard Skills (habilidades técnicas) e Soft Skills (habilidades sociocomportamentais). A Blue também oferece suporte técnico e comportamental com acompanhamento personalizado; além de mentorias, orientação de carreira e aulas de conversação em inglês. 

É importante destacar que, para ser um aluno da Blue, não é preciso ter conhecimento prévio de programação, basta um computador, com acesso à internet para estudar e se atualizar. Após seis meses do início da capacitação, os alunos já estão aptos para atuarem com desenvolvimento de sistemas, criação de aplicativos, softwares e sites, por meio das habilidades de programação mais atuais do momento, e que atendem às necessidades das melhores empresas de tecnologia. A meta da Edtech é formar e empregar 15 mil pessoas até 2026. 

Inscrições: 
As inscrições podem ser feitas pelo site. https://blueedtech.com.br 

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »