MENU

29/01/2022 às 16h07min - Atualizada em 29/01/2022 às 16h07min

PCGO prende mãe, após oferecer filha de 7 anos, para se relacionar com um homem, também preso, em Trindade

DRP / 16ª Regional / GO
Cleiber Alves Ferreira, 53 anos, suspeito pelos crimes de estupro de vulnerável - Foto: Divulgação - DRP / 16ª Regional / GO

  
A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Trindade, acaba de cumprir nesta sexta-feira (28) dois mandados de prisão preventiva em desfavor de Cleiber Alves Ferreira, 53 anos, e uma mulher de 27 anos pelos crimes de estupro de vulnerável. A genitora da criança foi presa, já que autorizava que Cleiber se relacionasse sexualmente com a sua filha mais velha (com 7 anos à época), em troca de drogas. A mãe da criança também é suspeita de praticar atos libidinosos com a filha mais velha. Cleiber negociou também se relacionar sexualmente com a filha mais nova da suposta autora, de apenas 3 anos, todavia, os atos não foram consumados.

Analisando o celular apreendido da suposta autora, do qual foi concedida autorização judicial para extração de dados, os policiais civis identificaram vídeos contendo cena de sexo explícito envolvendo supostamente o autor dos fatos e a criança, que estava com 8 anos na época do abuso sexual mostrado no vídeo. O investigado já havia sido indiciado pela DPCA por estupro de vulnerável em agosto de 2021, pela prática do mesmo crime, em desfavor de uma amiga de sua filha.

A divulgação da imagem e identificação do preso foi procedida nos termos da Lei nº 13.869/2019, Portaria nº 547/2021 – PC e despacho do Delegado de Polícia responsável pela prisão, especialmente porque o preso é suspeito de praticar outros crimes graves e a divulgação de suas imagens pode auxiliar no esclarecimento de outras infrações penais, após reconhecimento por possíveis vítimas e testemunhas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »