MENU

27/01/2022 às 19h23min - Atualizada em 27/01/2022 às 19h23min

Polo Gesseiro de Grajaú deve gerar empregos e oportunidades para mais de 40 mil pessoas no Maranhão

SECOM/MA
Secretário Simplício Araújo em visita ao Polo Gesseiro de Araripina, em Pernambuco - Foto: Divulgação
 
A segunda maior cidade produtora de gesso do país, Grajaú, localizada no Maranhão, gera 2 mil empregos diretos na cadeia produtiva, e está com expectativa para criar mais oportunidades nos próximos anos, beneficiando mais de 40 mil pessoas localizadas nas cidades do Maranhão que usam gesso.

Com objetivo de trocar impressões, informações e buscar novas tecnologias da área para o Polo Gesseiro de Grajaú, o secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo, esteve mais uma vez, nesta terça-feira (25), nas instalações da maior fábrica do Polo Gesseiro de Araripina (PE), a SuperGesso. 

Atualmente, o maior Polo Gesseiro do Brasil fica na região pernambucana e emprega diretamente 6 mil pessoas. Já no Maranhão, a estimativa de mais de 40 mil empregos no Polo Gesseiro foi favorecida pelo apoio do Governo do Maranhão, por meio da Seinc, desde 2015, com destaque para a viabilidade do tratamento tributário favorável e demais ações de incentivo a todos os produtores de gesso de Grajaú e região. 

“Enquanto o gesso é mais voltado para a área de construção civil e industrial em Pernambuco, no Maranhão, ele tem essas utilidades acrescidas da área agrícola, em que seu uso se aplica frequentemente. Isso também contribui para que o número de pessoas envolvidas com a cadeia produtiva da região de Grajaú se amplie de forma exponencial. Os atuais integrantes deste arranjo produtivo estão organizados em outros municípios”, revelou Simplício Araújo.

Além das pessoas que já trabalham no Polo Gesseiro de Grajaú, existem algumas que estão montando lojas para trabalhar com gesso em outros municípios, nas mais variadas formas de utilização.

A cidade de Grajaú conta com cinco mineradoras, 18 indústrias de gesso e 45 fábricas de placas. A região produz mais de 1.450.000 toneladas de gesso por ano e prevê aumentar a produção para 4 milhões nos próximos 15 anos. 

Agenda em Pernambuco
A SuperGesso investe nos ramos de materiais para construção civil e gessos industriais. A empresa foi a primeira empresa no segmento de fabricação de gesso no Brasil a receber a Certificação de Qualidade ISO 9001 e 14001.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...