MENU

26/01/2022 às 19h20min - Atualizada em 26/01/2022 às 19h20min

Secretário da Defesa Civil Nacional visita áreas que sofreram com a cheia do Rio Tocantins

Na ocasião o Coronel Alexandre Lucas, firmou parceria com o município visando a recuperação e ajuda social ao ribeirinhos

Islene Lima - Superintendência de Defesa Civil
Nível do Rio Tocantins baixou 5,65 metros, estando atualmente com 5,15 metros. (Foto: Assessoria)
 
Na manhã desta quarta-feira (26), o secretário nacional da Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, esteve junto com a equipe técnica da Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil (Sumpdec) de Imperatriz, Defesa Civil do Estado e Corpo de Bombeiros, visitando as áreas mais afetadas pela cheia do Rio Tocantins, que afetou mais de mil pessoas. 

Objetivo da ação, foi vistoriar e firmar parceria entre Município e Governo, a fim de garantir verbas para a recuperação e ajuda as famílias por meio de assistência social, entre outros programas do Governo Federal, visando apoio no que for necessário principalmente aos moradores que perderam tudo na cheia. 

O secretário Josiano Galvão, acompanhou o coronel na visita mostrando os principais pontos críticos após a baixa do rio. De acordo com ele, o encontro foi bastante positivo, pois o coronel pode presenciar a dimensão que foi a cheia desse ano de 2022.

“Estivemos ali na região da Luís Domingues, rua Nova, centralizados no porto da Balsa, um dos pontos mais afetados. Na oportunidade falei sobre as dificuldades com a cheia do Rio Tocantins que afetou diversas famílias, solicitando ajuda do Governo Federal para que tudo seja recuperado o mais breve possível”, afirma Josiano. 

O superintendente destaca ainda, que todas as ações voltadas para os ribeirinhos continuam. A limpeza dos lugares está ocorrendo desde a semana passada, com relação à infraestrutura as frentes de serviços trabalham na recuperação das vias. Já com relação à assistência social, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes) acompanha de perto todas às famílias afetadas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...