MENU

25/01/2022 às 23h10min - Atualizada em 25/01/2022 às 23h10min

Abertura da Semana D de combate à Dengue inicia com caminhada em Araguaína

Agentes de combate a endemias percorreram a Avenida Cônego João Lima para alertar sobre o papel dos moradores para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti

Ascom - PMAraguaína
Até dia 28, haverá intensificação em vistorias e orientações nos comércios, moradias, empresas e escolas - Foto: Ascom/Marcos Sandes
 
Mais de 200 agentes de combate a endemias percorrem, nessa manhã de segunda-feira, 24, a Avenida Cônego João Lima para alertar sobre o papel dos moradores para evitar a proliferação do mosquito aedes aegypti. O evento faz parte da abertura da Semana D de Combate à Dengue, que contará com intensificação em vistorias e orientações nos comércios, moradias, empresas e escolas.

A agente Elimar Santos explica que, além de manter o quintal limpo, o morador precisa permitir as vistorias. “Nós temos que conquistar a pessoa para poder entrar e no fim ele fica feliz, porque na correria do dia a dia acaba não vendo um foco do mosquito dentro de casa. Um recipiente com água parada durante 5 a 7 dias já é o suficiente para o desenvolvimento de novos mosquitos”.

O comerciante Raimundo Barbosa, 40 anos, que mora no Setor Maracanã, assistiu à mobilização da porta de sua loja e afirmou que o alerta é necessário. “Eu tive dengue há dois meses e nem sei onde peguei. Esse é o perigo, a gente não sabe onde está o foco”.

Os agentes são uniformizados e possuem sempre as bolsas onde levam o material de coleta e anotações. Em caso de dúvidas, moradores podem entrar em contato com o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) pelos seguintes telefones: 0800 646 7020, 3415-5307 ou 3411-7040.

Fiscalização
Outra medida que está sendo tomada é a intensificação da fiscalização em terrenos baldios, pelas equipes de Saúde, Postura e Meio Ambiente. A Prefeitura publicou uma notificação pública no Diário Oficial do Município nº 2.473 direcionada aos proprietários dos lotes.

De acordo com o documento, a limpeza dos terrenos, incluindo a roçagem e a remoção do entulho, deverá ser feita em um prazo de dez dias. Caso o proprietário não cumpra o prazo estabelecido pelo Município, será aplicada ao proprietário uma multa no valor de R$ 300, somada aos custos dos serviços que venham a ser executados pela Prefeitura para realizar a limpeza do lote.

Visitação
Após a caminhada, os agentes de combate às endemias retornaram às visitas domiciliares nos bairros prioritários, vistoriando casas e conscientizando os moradores sobre a proliferação do mosquito. A ação será intensificada durante os cinco dias desta semana.

Ao todo, 17 setores serão atendidos durante a semana: Araguaína Sul, São João, Neblina, São Miguel, Vila Azul, Monte Sinai, Morada do Sol 1 e 3, Setor Couto, Setor Brasil, Universitário, Costa Esmeralda, Eldorado, Nova Araguaína, Itaipu, Patrocínio e Mônaco.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...