MENU

25/01/2022 às 18h42min - Atualizada em 25/01/2022 às 18h42min

Presa mulher que assassinou companheiro a facadas no residencial Dom Felippe Gregory

Cristiane da Silva Costa, 28 anos, se apresentou na época depois de passado o flagrante mas teve prisão decretada pela justiça

Dema de Oliveira - O PROGRESSO
Cristiane da Silva Costa foi presa ontem e levada para o presídio de Davinópolis - Fotos: Arquivo/O PROGRESSO
 
Ribamar Fiquene - Policiais do Grupo de Pronto Emprego (GPE), da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, com apoio de policiais  da Delegacia de Governador Edison Lobão, cumpriram mandado de prisão preventiva contra uma mulher acusada de matar o companheiro em Imperatriz.

Cristiane da Silva Costa, 28 anos, foi presa na manhã de ontem (25), na cidade de Ribamar Fiquene, a 50 km de Imperatriz.

Cristiane matou o companheiro identificado por Valton Rodrigues da Silva, 29 anos, fato ocorrido em 2018, no Residencial Dom Affonso Felippe Gregory, localizado na área do Bom Jesus, periferia de Imperatriz.

Na ocasião, passado o flagrante, Cristiane se apresentou à polícia, prestou depoimento, foi indiciada por homicídio duplamente qualificado e por força da lei passou a responder em liberdade. Entretanto, a justiça acatou o pedido do Ministério Público e decretou a prisão preventiva dela, cujo mandado foi cumprido ontem de manhã.

Cristiane é usuária de droga e a vítima, Valton, também usava e a briga que acabou com o homicídio teria sido justamente por esse motivo. Os dois partiram para as vias de fato e Cristiane acabou esfaqueando Valton, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito em via pública.

Cristiane foi levada o presídio de Davinópolis, onde aguardará julgamento por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e sem dar chance de defesa à vítimam que além de “noiado” estava embriagado. Se condenada, Cristiane pode pegar de 12 a 30 anos de reclusão em regime fechado.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...