MENU

23/01/2022 às 19h47min - Atualizada em 23/01/2022 às 19h47min

Em Araguaína, Polícia Civil deflagra operação Chaparral e apreende armas de fogo e munições

A 3ª DEIC investigava caso de suposto sequestro de adolescente de 15 anos quando localizou as armas e demais objetos.

Rogério de Oliveira
Secom/TO
Armas e demais apetrechos apreendidos pela Polícia Civil em Araguaína - Foto: DICOM SSP TO
  
Araguaína/TO - Na manhã desta sexta-feira, 21, a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por intermédio da 3ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (3ª DEIC), deflagrou a operação Chaparral, a qual resultou nas apreensões de três armas de fogo, de cano longo, 30 cartuchos de munições de calibres variados, além de pólvora, espoleta e chumbo.

Coordenada pelo delegado-chefe da 3ª DEIC, Jodvan Silva, a ação se deu em cumprimento a três mandados de busca e apreensão, sendo dois no assentamento Chaparral (zona rural de Araguaína) e um no bairro Lago Azul III, no mesmo município.

De acordo com a autoridade policial, as investigações tiveram início, com o objetivo de esclarecer um suposto caso de sequestro de uma adolescente com 15 anos de idade. Com a intensificação das investigações, os policiais civis da unidade especializada localizaram a adolescente e descobriram que ela havia fugido de casa por ser ameaçada e sofrer abusos sexuais com o consentimento de sua mãe, fatos encaminhados a 2ª Delegacia Especializada de Atendimento à Vulneráveis / 2ª DAV - Araguaína para a devida apuração.

Aprofundadas as investigações, apurou-se que a mãe da adolescente mantinha um bar em sua propriedade rural, onde supostamente, a adolescente chegou a ser oferecida sexualmente, apurou-se também a existência de armas de fogo e munições, as quais eram utilizadas para ameaçar a adolescente e seu pai, que reside em Colinas/TO.

Desse modo, as três espingardas e munições foram apreendidas e levadas para a sede da 3ª DEIC, para a realização das providências legais cabíveis. Segundo o delegado Jodvan, a apreensão das armas e munições inibe as ameaças e elimina o risco aos moradores da região, além de preservar a integridade física da adolescente e seu pai.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...