MENU

26/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 26/09/2020 às 00h00min

Mãe e filha são atropeladas por condutor de veículo inabilitado

Acidente aconteceu na Rua Sousa Lima, próximo ao Calçadão

Dema de Oliveira
Acidente vitimou mãe e a filha no centro da cidade - Foto: Divulgação/Redes Sociais
Uma mulher identificada por Edinbaelma Lima, 38 anos, e a filha adolescente de 15 anos, Gisleane Lima, foram vítimas de atropelamento nesta sexta-feira (25). O acidente aconteceu nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (25), na Rua Sousa Lima, próximo ao Calçadão, no centro de Imperatriz.

O acusado do atropelamento é o jovem Alexandre Andrade Arruda, 20 anos, que não tem habilitação.

Segundo policiais do 3º BPM, que atenderam a ocorrência, o jovem estava com o carro parado e de repente teria saído em alta velocidade e atropelado as mulheres que estavam na calçada, invadindo ainda uma loja. 

As vítimas foram socorridas por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A mãe foi levada para o Hospital Municipal de Imperatriz o Socorrão, enquanto que a filha, por estar grávida, foi levada para o Hospital Materno Infantil. Ambas já receberam alta.

Liberado
O jovem Alexandre Andrade Arruda foi detido e levado para a Delegacia Regional de Polícia Civil, onde foi ouvido e liberado, até porque as vítimas preferiram não representar contra ele. 

Segundo o delegado Eduardo Galvão, titular da Delegacia Acidente de Trânsito (DAT), Alexandre se negou a realizar o exame de bafômetro. O exame clínico feito, não detectou que ele estava sob efeito de álcool e como não teve nenhuma representação contra ele, não teve outra alternativa senão liberá-lo. “As vítimas e seus familiares acharam por bem não representar contra o suspeito. E como ele se negou a realizar o teste de bafômetro e o clínico deu negativo para embriaguez, não tinha como autuá-lo em flagrante”, disse Eduardo Galvão. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...