MENU

13/01/2022 às 20h38min - Atualizada em 13/01/2022 às 20h38min

​Araguaína é uma das cidades brasileiras onde mais choveu nos últimos meses

Foram quase 950 milímetros de precipitação desde novembro está quarta-feira, 12, sendo mais da metade só durante o mês de dezembro

Marcelo Martin
AscomAraguaína
Prefeitura vem realizando obras de infraestrutura para diminuir os alagamentos, como as canalizações dos córregos - Foto: AscomAraguaína/MarcosSandes
 
Araguaína é uma das cidades brasileiras onde mais choveu durante os últimos meses. Foram 937 mm (milímetros) de precipitações desde novembro, sendo mais de metade (562 mm) só no mês de dezembro. Além disso, nas últimas 24 horas foram registrados 132 mm de chuva. O fato foi destaque durante a previsão do tempo no Jornal Hoje, nesta quarta-feira, 12.

Várias regiões do Brasil vêm registrando grandes volumes de chuva, ocasionando enchentes e deslizamentos de terra que desabrigaram milhares de famílias, inclusive no norte do Tocantins.  No Município, a Prefeitura vem realizando obras de infraestrutura para diminuir esse impacto, por meio do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína, que tem 30% do total executado.

Melhorias

Dentre as obras estão as canalizações dos córregos para aumentar a capacidade de volume durante as chuvas e evitar as erosões, como já feito em parte do Córrego Neblina e Canindé. Também a construção de mais cinco bacias de detenção das chuvas, igual a construída nas proximidades do Parque Cimba. Esse tipo de reservatório controla o escoamento do volume de chuva captado com um armazenamento temporário e o libera lentamente.

Apoio às famílias

A Defesa Civil orienta que até a solução para as enchentes, os motoristas e pedestres devem evitar atravessar as enxurradas. Em casos de emergência, a população pode pedir o atendimento do órgão pelo telefone 199. Os moradores também podem contribuir evitando jogar lixo nas ruas e o entupimento dos bueiros.

A Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Habitação também conta com uma equipe de plantão 24 horas para atender caso de pessoas desabrigadas ou que necessitem de suporte após prejuízos causados pelas chuvas. A assistência é acionada por meio da Defesa Civil que faz o monitoramento dos pontos críticos na cidade.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...