MENU

12/01/2022 às 17h52min - Atualizada em 12/01/2022 às 17h52min

Empresário é preso pela Polícia Civil, em Goiânia, suspeito de armazenar pornografia infantil

Detenção foi realizada durante ação de combate a crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes.

Da Redação
Ascom-SSP/GO
Fotos: Divulgação Ascom-SSP/GO

  
A Polícia Civil de Goiás prendeu em flagrante, nesta terça-feira (11), um empresário, de 37 anos, suspeito do armazenamento de pornografia infantil. A detenção foi realizada durante ação de combate a crimes contra a dignidade sexual de crianças e

adolescentes, deflagrada pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC). O homem seria o executivo sócio de um grande grupo econômico do estado.

Além da prisão, efetuada em um condomínio de luxo de Goiânia onde o indivíduo morava, foi ainda cumprido mandado de busca e apreensão na sede da empresa do investigado.  A apuração aponta que o indivíduo aliciava uma segunda pessoa para fornecer pacotes com vídeos e fotos de pornografia infantil, que eram pagos por transferências via PIX. O caso segue em investigação.

“Essa segunda pessoa tem um irmão de 10 anos, que foi estuprado por esse irmão com pedidos desse executivo, que instigava essas práticas e determinava que esse segundo homem marcasse encontros com crianças e adolescentes”, detalhou o delegado Daniel de Oliveira, responsável pela apuração. O caso segue em investigação.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...