MENU

26/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 26/09/2020 às 00h00min

Dia Nacional do Trânsito conscientiza população sobre cuidados na mobilidade

Setran desenvolve ações com o objetivo de diminuir os índices de acidentes na cidade

Ariel Rocha
Ascom/PMI
De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária, ONSV, 90% dos acidentes são causados por falhas humanas - Foto: Edmara Silva/Patrícia Araújo
O Dia Nacional do Trânsito, comemorado nesta sexta-feira, 25, foi instituído na mesma data em que se instaurou, por meio da lei nº 9.503, o Código de Trânsito Brasileiro, CTB, em 1997. A data está inserida na Semana Nacional do Trânsito, que ocorre anualmente entre os dias 18 e 25 de setembro e, neste ano, teve como lema o alerta “Perceba o risco, proteja a vida”.

De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária, ONSV, 90% dos acidentes são causados por falhas humanas. Desatenção, desrespeito às leis  de  trânsito,  entre outras imprudências são a maioria dos motivos. Ainda segundo o levantamento da entidade, cerca de 47 mil pessoas morrem por ano no trânsito no Brasil e uma média de 400 mil ficam com algum tipo de sequela.

A data surge no sentido de trazer um alerta e conscientizar a sociedade sobre a importância de prevenir acidentes. Para a costureira Vanda Silveira, quanto mais a sociedade é conscientizada, menos riscos para a vida o trânsito oferece. “Ando de moto e faço minha parte. Mas é preciso ter respeito e cuidado ao se deslocar nas ruas dessa cidade. Todos nós devemos”, comenta.

Núcleo de Educação para o Trânsito, da Secretaria de  Trânsitos e Transportes, Setran, desenvolve ações educativas durante todo o ano, com o objetivo de diminuir os índices de acidentes na cidade. Atividades alusivas à Semana Nacional do Trânsito se encerram, mas a prudência, respeito e cuidado durante a mobilidade fazem parte da programação durante todos os dias do ano.

Final de Semana
Claro que não há hora ou local definidos para ocorrer acidentes, ainda mais quando condutores e pedestres assumem comportamentos irresponsáveis. Porém, com a proximidade do final de  semana e pessoas realizando pequenas viagens para outros locais e indo para eventos de lazer, deve-se ter maior atenção para as infrações, principalmente ultrapassagens indevidas e ingestão  de bebida alcoólica.

O levantamento do Mapa dos Acidentes nas Rodovias Federais constatou que as chances de haver acidentes com mortos e feridos aumentam 18% nos fins de semana. Para as crianças, o maior risco está justamente no sábado e domingo. Com base nas solicitações de indenizações por acidentes de trânsito, a Seguradora Líder DPVAT apurou que os casos  de  atropelamentos contra crianças de 0 aos 10 anos  de idade se concentram nesses dias de folga.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...