MENU

26/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 26/09/2020 às 00h00min

VLI promove ações de conscientização sobre riscos das queimadas em Imperatriz

Assessoria VLI
Primeiro bairro beneficiado pelo projeto Dia de Campo foi a Vila Davi II - Foto: Divulgação
A crescente onda de queimadas que vem ocorrendo em todo o país tem sido motivo de preocupação.  Foi pensando nisso que a VLI – companhia de soluções logísticas que integra terminais, ferrovias e portos, responsável pela circulação de trens entre o Maranhão e o Tocantins e pela operação do Terminal Portuário São Luís – promoveu, nesta terça-feira (22), em Imperatriz, o Dia de Campo, ação que objetivou compartilhar conhecimentos e conscientizar a população sobre os riscos que o fogo oferece ao meio ambiente e às comunidades inseridas em área rural. A ação ocorreu no bairro Vila Davi II, localizado às margens da BR-010, em Imperatriz, por ser uma das áreas onde focos de queimadas costumam ser registrados. 

Os períodos de estiagem, caracterizados pela redução e, até mesmo, ausência de chuva, favorecem o surgimento das queimadas. Para se ter ideia, entre os meses de julho e setembro, época mais quente do ano no Maranhão, o número total de focos de queimadas detectados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) no estado saltou de 1.871 para 3.495. Realidade que preocupa e requer atenção.

De acordo com Nilton Santos, supervisor de Saúde e Segurança do Trabalho e Meio Ambiente da VLI, uma das estratégias capazes de reverter estes índices é a mudança de alguns hábitos locais. “Culturalmente, as pessoas limpam seus terrenos fazendo queimadas. Este hábito, somado aos ventos fortes e tempo seco, facilitam que as chamas fiquem altas e fortes, o que dificulta o controle. Diante deste cenário, buscamos atuar para tentar corrigir ou minimizar esta situação e, junto às comunidades fazemos ações com foco na Educação Ambiental”, pontuou Nilton.

O Dia de Campo contou, ainda, com  uma  palestra on-line para 20 participantes que fizeram parte do momento, entre eles, a presidente da Associação de Moradores do bairro, Zuleide Ribeiro, que já vislumbra a prática daquilo que foi repassado durante o Dia de Campo. “Tem hora que essas queimadas assustam a gente. É por isso que eu acho de muita valia esta ação e pretendo multiplicar as coisas boas que aprendi com a minha comunidade e família, em prol de um bem comum”, destacou ela.

Como evitar queimadas
-Não jogue bitucas de cigarro no chão
-Não faça fogueiras próximas a vegetação
-Evite queimar móveis ou lixo
-Capine a área perto de sua casa
-Molhe faixas de terra seca
O que fazer em caso de queimadas

Em casos de incêndios próximos a residências ou em áreas de vegetação isoladas, o melhor a fazer é chamar os bombeiros através do número 193. Informe a localidade, se possível em detalhes, para que os profissionais cheguem a tempo para conter as chamas. Nunca tente apagá-las você mesmo! Afaste-se imediatamente e espere o auxílio chegar.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »