MENU

10/01/2022 às 19h34min - Atualizada em 10/01/2022 às 19h34min

Município cobra de construtora reparos e imediata conclusão do Shopping da Cidade

Assis Ramos vistoriou a obra e apontou as correções necessárias; Construtora pediu novo prazo até o final do mês

Assessoria
A obra foi vistoriada e constatadas várias irregularidades - Fotos: Divulgação
 
O prefeito Assis Ramos, acompanhado do secretário Zigomar Filho (Infraestrutura), se reuniu nesta segunda-feira (10), na Sinfra, com os representantes da empresa Topázio, responsável pela construção do Shopping da Cidade, e os representantes da Associação do Centro de Comércio Popular de Imperatriz e da Associação dos Empreendedores Ambulantes da Região Central.

Na ocasião, ele observou que foram realizadas várias reuniões com a construtora responsável pela obra para conclusão do Shopping da Cidade, no sentido que seja resolvido em definitivo a abertura do empreendimento à população de Imperatriz. “Vamos chegar a levar o caso ao Ministério Público Federal (MPF) e aos demais órgãos de fiscalização, pois a parte de fiscalização tem sido feita pela Prefeitura”, garante.

Assis disse que o município possui um ‘caderno’ que aponta irregularidades da obra e que a construtora solicitou novo prazo, até o final deste mês, para a conclusão dos serviços que faltam do Shopping da Cidade.

“Estamos dispostos a ir até as últimas consequências para punir a empresa e, também, para que a obra seja entregue, pois estamos aqui com os representantes dos empreendedores que perceberam a situação assumida pela construtora, porém isso não resolve: queremos mesmo é a obra feita”, arrematou.

O prefeito reiterou a importância da obra alocada pelo senador da República, Roberto Rocha, para impulsionar o comércio popular de Imperatriz. “O município não deve nada para a empresa, e nem o Governo Federal, todos os repasses foram feitos, inclusive foi liberado um aditivo”, assegura.

Secretários aguardam cumprimento de novo prazo pela construtora

O secretário Zigomar Filho afirmou que “essa é uma obra importante para população e será feita adequações necessárias para conclusão do Shopping da Cidade (antiga praça Tiradentes, no Centro), inclusive o aditivo da obra foi aprovada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). Tivemos a participação dos empreendedores, nesta reunião de trabalho, que serão os beneficiários desse grande empreendimento que impulsionará a economia de Imperatriz”, frisou.

Ele considerou oportuno o encontro que esclareceu o prazo-limite para que a construtora responsável pela obra conclua, em definitivo, o empreendimento do Shopping da Cidade de Imperatriz.

O secretário de Planejamento Urbano Alessandro Pereira diz que “não é culpa do município o fato do Shopping ainda não estar funcionando, pois, a empresa responsável pela obra já marcou vários prazos para entregar o empreendimento à Prefeitura, porém nunca cumpriu”. “A empresa assumiu sua dívida, e pediu novo prazo [final deste mês] para entregar todos os itens da obra que está faltando para a Seplu”, acrescentou.

Segundo ele, logo que a construtora entregar a obra, a Seplu pretende organizar os vendedores em cada espaço para fazer adequações dos móveis e dos produtos que serão comercializados em cada stand.

O vice-presidente da Associação do Centro Comercial Popular de Imperatriz, Hélio Azevedo, considerou positiva a reunião que “foi muito esclarecedora e que o prefeito mostrou que está com pagamentos em dias com a empresa, cumprindo todas as determinações, mas que a construtora de fato não está cumprindo com sua obrigação, causando um dano a todos os associados que estão há dois anos parados. O problema não é da prefeitura, mas da empresa que não tem cumprido o seu papel”, concluiu. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...