MENU

25/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 25/09/2020 às 00h00min

Mulher acusada de matar carroceiro na Vila Redenção é detida e confessa o crime

Luana Santana Barbosa, 21 anos, é usuária de droga e disse que matou Ivaldo da Conceição Sousa por tê-la agredido

Dema de Oliveira
Carroceiro Ivaldo da Conceição Sousa foi assassinado pela companheira - Foto: Arquivo/O PROGRESSO
A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), fez a detenção da mulher acusada de matar um carroceiro na Vila Redenção I, periferia de Imperatriz. O crime aconteceu na madrugada do último dia 11 de setembro. 

A vítima foi o carroceiro Ivaldo da Conceição Sousa, 53 anos, conhecido pela alcunha de ‘Pé de Pato’, que era pré-candidato a vereador. 

A acusada, Luana Santana Barbosa, 21 anos, foi detida e levada para a Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), onde foi ouvida. Luana, que é usuária de droga, confessou o crime e disse em seu depoimento que matou Ivaldo porque ele a agrediu. “Ele me agrediu e dei uma facada nele”, disse Luana. Eles estavam vivendo juntos. 

Por já estar fora do flagrante delito, Luana Santana Barbosa, após ter sido ouvida, foi liberada, mas deverá ter prisão preventiva solicitada à justiça. Mas mesmo assim tudo indica que ela poderá responder em liberdade, porque pode alegar que foi em legítima defesa. 

O inquérito está sendo fechado e deverá ser remetido à justiça ainda neste mês. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...