MENU

02/01/2022 às 21h21min - Atualizada em 02/01/2022 às 21h21min

Férias de verão em Recife é pura diversão!

Recife, a capital do Pernambuco, encanta principalmente pela sua brisa e pela hospitalidade

Da Redação
GB Edições
No Recife antigo e o moderno convivem lado a lado, tem porto, aeroporto internacional e terminal rodoviário integrado, modernos shopping centers e restaurantes que servem o melhor da culinária local / Foto: Divulgação
  
Que tal passar as férias em um lugar de gente bonita e hospitaleira? A cidade do Recife é única. A arquitetura, recheada de prédios com três ou quatro andares, denuncia o rico passado histórico da região que foi colonizada inicialmente pelos holandeses, os quais deixaram suas marcas na cultura e na aparência do povo.
 
O Recife é uma mistura de gente e hábitos diferentes inseridos em cenários belíssimos, formados por prédios de trezentos anos de idade e de praias cujo mar de tão verde, parece fluorescente.
São duas cidades: o Recife tradicional, do casario colonial; e a outra, que se renova à beira mar, pelos lados de Boa Viagem. Nas duas, centenas de barraquinhas onde o turista encontra de tudo: o melhor do artesanato local e badulaques em geral.
 
Em Recife todos os serviços funcionam perfeitamente e ainda há a vantagem de que o povo de lá não costuma brincar em serviço e trabalham rapidinho. Além disso, é um povo de muito bom humor, educado e generoso; são capazes de encostar o carro somente para dar a informação pedida, sua paciência é incomum.
 
A Praia de Boa Viagem é parada obrigatória e convida para um banho de mar, ou simplesmente sentar-se à sua orla, e deixar-se levar pela brisa e pelo cheiro da maresia.
 
E o visitante não tem do que reclamar; o povo é hospitaleiro, a cidade dispõe de completa infraestrutura de hospedagem, para todos os gostos e bolsos sendo que a animação costuma atravessar a noite afora.
 
O antigo e o moderno convivem lado a lado, tem porto, aeroporto internacional e terminal rodoviário integrado, modernos shopping centers e restaurantes que servem o melhor da culinária local.
 
Continuando o passeio, é bom conhecer o Bairro do Recife, zona portuária limitada pelo Rio Capibaribe e Oceano Atlântico, que nasceu lá pelos idos de 1631, quando tudo era dominado pelos holandeses. Desde então, o bairro passou por muitas transformações e, depois de passar por um processo de restauração, é um dos principais points, com seus bares, casas noturnas, excelentes restaurantes e arquitetura de grande valor histórico.
 
Quer ver mesmo edificações antigas e restauradas, datadas dos Séculos XVII e XVIII, então os lugares são os bairros de Santo Antonio e São José. Tudo começou quando os padres franciscanos decidiram levantar o Convento de Santo Antônio, mas a urbanização do local foi muito lenta, pois a ligação com o Bairro do Recife era feita através de pequenas embarcações. O casario começou a crescer a partir da ocupação holandesa. Chegando um pouco mais perto do nosso tempo, na década de 1940 o bairro passou por algumas transformações, mas não perdeu o seu traçado original e o resultado final é que suas ruas são tortuosas, estreitas, com alguns becos. Tudo isso tem um charme muito especial e atrai a atenção do visitante.
 
Não poderia deixar de ser mencionado o casario de Apipucos, o qual conserva ainda a Igreja de Nossa Senhora das Dores. As construções datam do Século XIX, época em que os aristocratas mantinham suas casas ali para as festas e os banhos de rio. Até hoje imponentemente ergue-se o Solar de Apipucos, residência do grande escritor Gilberto Freire, autor de “Casa Grande & Senzala”.
 
Outro local procurado é a Igreja Nossa Senhora da Saúde, que fica no Bairro da Panela, lugar onde morava o saudoso escritor Ariano Suassuna; zona de veraneio por causa de sua proximidade com o Rio Capibaribe, por isso também está recheado de casarões e sobrados, todos datados do Século XIX e começo do Século XX.
 
Voltamos ao nosso ponto de origem, Boa Viagem, que tem como principal atrativo a sua urbanizada orla, onde edifícios elegantes contracenam com um mar de águas mornas e tranquilas, coqueiros, palhoças de coco verde e áreas de lazer. Apresenta a maior concentração de hotéis, restaurantes e bares do Recife, além de muitos outros equipamentos e serviços para melhor atender aos visitantes, a exemplo de agências de viagens, posto de informação turística, lojas de artesanato e shopping centers.
 
Dois passeios imperdíveis são Olinda e Porto de Galinhas
Olinda fica a dez minutos do Recife e está tombada pela Unesco, é patrimônio da Humanidade. Em Olinda existem mais de dezoito igrejas e nichos sagrados. Não se assuste com os meninos que se oferecem para serem guias. Na verdade, eles só querem ganhar uns trocados ao final das explicações históricas que às vezes são feitas num linguajar tão rápido que você nem entende nada. Mas, isso faz parte do passeio.
 
Vale uma visita aos bares noturnos da orla de Olinda. Um dos pratos mais conhecidos é coelho acompanhado de arroz e feijão verde.
 
Agora, famoso mesmo é Porto de Galinhas, uma série de praias localizadas no litoral sul de Pernambuco. A região é maravilhosa.
 
As piscinas naturais também são imperdíveis e convidam à preguiça; para quem gosta de esportes, há várias opções inclusive o mergulho com máscara e snorkel. E ainda tem passeios de buggy, de ultraleve, de jangada e, em último caso, a pé.
 
Não se esqueça de colocar na bagagem protetor solar, creme hidratante, boné, óculos escuros, roupas leves e sapatos confortáveis. E estando lá não deixe de visitar a Casa da Cultura de Pernambuco.
 
O que você está esperando? Consulte os protocolos de saúde quanto à pandemia e programe suas férias, aproveite as promoções e inúmeras facilidades que oferecem as agências de turismo e venha ver o que o Pernambuco tem de melhor: sua gente.

 

 01  A cidade do Recife é uma mistura de povos e cultura, nos quais se notam a influência holandesa e portuguesa. De arquitetura única, mistura o antigo e o moderno com um resultado final surpreendente;  02  O casario antigo da cidade já testemunhou muita coisa da história do Brasil. Imperdível visitar esses verdadeiros monumentos incluindo as várias igrejas construídas no Século XVI;  03  O mar é tão verde que até parece fluorescente; a brisa lambe os coqueiros, além do magnífico visual, a praia, a hospitalidade do povo e a gastronomia são um convite irrecusável;  04 : A Igreja Nossa Senhora do Carmo, com sua magnífica construção, é um dos pontos mais visitados do Recife;  05  O prédio da Bolsa de Valores do Recife é de se admirar; está localizado no marco zero da cidade;  06  Não deixe de conferir o Parque das Esculturas, também localizado no marco zero do Recife;  07  Olinda fica a dez minutos do Recife e está tombada pela Unesco, é patrimônio da Humanidade. Em Olinda existem mais de dezoito igrejas e nichos sagrados;  08  Famoso mesmo é Porto de Galinhas, uma série de praias localizadas no litoral sul de Pernambuco. A região é maravilhosa. As piscinas naturais também são imperdíveis e convidam à preguiça. / Fotos: Divulgação

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...