MENU

27/12/2021 às 17h25min - Atualizada em 27/12/2021 às 17h25min

Polícia Federal prende argentino acusado de estupro em Imperatriz

Daniel Adrian Marconi, será extraditado nos próximos dias para a Argentina onde cumprirá pena

Dema de Oliveira
Daniel Adrian Marconi será extraditado nos próximos dias - Foto: Divulgação
 
Um homem de naturalidade argentina, foi preso na manhã desta segunda-feira (27), em Imperatriz, pela Polícia Federal, que deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva para extradição, expedido pelo Superior Tribunal Federal (STF), em desfavor do argentino Daniel Adrian Marconi por prática, em tese, de crime de abuso sexual qualificado. O crime aconteceu na Argentina.

O procurado, que residia em Imperatriz desde 2018, estava na lista de Difusão Vermelha da Interpol. A Difusão Vermelha, nada mais é do que um alerta internacional (na Interpol), expedido por autoridades judiciais de países membros, para fins de extradição de pessoas procuradas pela justiça criminal.

Ele foi inicialmente encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal em Imperatriz e após ter sido ouvudo, foi levado para o sistema prisional, onde aguardará, até sua extradição para a Argentina, onde cumprirá a pena por estupro cujo tempo não foi informado. A PF em Imperatriz, também não informou em que bairro Daniel Adrian foi preso.  O caso é um exemplar das diversas atribuições da Polícia Federal no campo da cooperação policial internacional. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »