MENU

21/12/2021 às 19h51min - Atualizada em 21/12/2021 às 19h51min

Equatorial inaugura primeiro posto de carregamento para carros elétricos do Maranhão

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão
O projeto, que faz parte de um estudo pioneiro de pesquisa de mobilidade elétrica, também disponibiliza 10 bicicletas elétricas para uso gratuito - Fotos: Divulgação
 
São Luís - Trabalhando pelo futuro todo dia, a Equatorial Maranhão inaugurou neste sábado (18) o primeiro Eletroposto do Maranhão, marcando mais uma etapa do seu projeto de Mobilidade Elétrica no estado. Instalado no Parque do Rangedor, o eletroposto permite que a população carregue até dois carros elétricos simultaneamente e gratuitamente, junto com uma estação de 10 bicicletas elétricas para uso gratuito da população, utilizando como uma das fontes de alimentação a energia solar, limpa e renovável.  Além disso, foi doado um carro elétrico para a Secretaria de Governo que será utilizado na fiscalização e vistoria dos parques públicos.  

Investimento

A iniciativa do Grupo Equatorial acontece por meio do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e conta com o investimento de outras nove empresas do setor elétrico, representadas pela Global Participações em Energia. O investimento total do projeto em cinco estados da federação é de aproximadamente R$ 19 milhões, sendo que o projeto no Maranhão conta com a importante parceria do Governo do Estado. 

 O que é mobilidade elétrica e porque a Equatorial investiu nesse projeto 

Mobilidade elétrica é um termo utilizado para definir a eletrificação dos meios de transporte, ou seja, a possibilidade de locomoção por meio de veículos movidos 100% a energia elétrica. O principal objetivo do Projeto de Mobilidade Elétrica da Equatorial é fomentar e avaliar o uso de veículos elétricos pela comunidade maranhense frente ao cenário atual de mobilidade urbana, de forma a incentivar a adesão e contato mais próximo com a tendência mundial de eletrificação das frotas de carros. Desta maneira irá contribuir com a descarbonização do meio ambiente, promovendo o uso sustentável da energia e fomentando a redução de impactos ambientais provenientes do uso de combustíveis fósseis (fontes de energia não renováveis que contêm alta quantidade de carbono, utilizados nos veículos comuns, como gasolina e diesel).  

Veículos elétricos são movidos exclusivamente por eletricidade e podem ter um ou mais motores, que dependem da energia armazenada em baterias, geralmente de íons de lítio, para funcionar. Por não ter os combustíveis fósseis como fonte, os carros elétricos não emitem CO2 (dióxido de carbono) e não poluem o meio ambiente.   

Um carro elétrico popular como o modelo ZOE, da Renault (mesmo modelo que foi doado ao Governo do Estado), leva em torno de 3 horas para uma carga completa e permite o percurso de até 250 km.  Levando em consideração que cada carga completa consome 52 kWh de energia, o valor médio para cada carga, na tarifa convencional do Maranhão (R$ 0,76597 para cada kWh) com adição dos encargos, tributos estaduais e federais, o valor de uma carga completa sairia em média *R$ 60,00 por carga (*valor médio calculado para um cliente convencional residencial).  Para efeito comparativo, encher o tanque de gasolina de um carro a combustão do mesmo porte custa hoje em torno de R$ 250,00. 

Além de criar uma proposta sustentável para o transporte, o projeto também busca desenvolver inovações tecnológicas e diversificar as fontes energéticas; fomentar a qualidade de vida da comunidade através do uso das bicicletas disponibilizadas para o lazer; e estimular o avanço tecnológico nacional através do desenvolvimento de sistema de carregamento de veículos. De acordo com o Engenheiro de Inovação do Grupo Equatorial, Lucas Pinheiro, “o projeto tem o objetivo de fomentar e incentivar a mobilidade elétrica no Maranhão para gerar discussão sobre o tema, inovar e apresentar essa tecnologia para a sociedade de forma a estimular uma mudança natural, inclusive de entendimento sobre essa possibilidade, que muita gente as vezes nem enxerga, mas que sim, já existe e a gente começa com a disponibilização dessa estrutura para que todos possam ter acesso. Estamos com três carros na frota da distribuidora e disponibilizamos um veículo elétrico para o Governo já dar início ao uso, vamos acompanhar e ajudar nessa mudança cultural, incentivando isso para o espaço público. A função do programa de Pesquisa e Inovação é ser pioneiro, é trazer esse tema para discussão”, enfatizou Lucas.  

Esta iniciativa está alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, do qual o Grupo Equatorial é signatário e tem como foco: Educação de Qualidade, Energia acessível e limpa e Ação Global contra a mudança global do clima. “Dentro da estratégia do Grupo Equatorial, atuar com inovação e sustentabilidade é algo cada vez mais presente nas nossas iniciativas. A mobilidade elétrica é uma realidade que queremos fomentar, contribuindo para diminuir a emissão de poluentes na atmosfera, já que o carro elétrico é considerado um meio de transporte limpo. De maneira pioneira, o Grupo está possibilitando o acesso dessas tecnologias à população dos estados onde atuamos”, afirma Augusto Miranda, CEO do Grupo Equatorial.  

O Presidente da Equatorial Maranhão, Sérvio Túlio, comenta que este investimento renderá excelentes frutos no Maranhão e que a distribuidora tem grande satisfação em proporcionar esse projeto de maneira pioneira no estado. “Alinhado com os acontecimentos e avanços mundiais dentro dessa realidade de mobilidade elétrica, temos certeza que este projeto será de grande valor para o Maranhão, despertando a população para o futuro, que já está acontecendo aqui perto de nós.  É com muito orgulho que somos a primeira empresa do grupo a concretizar esse projeto, dentro do nosso papel social de despertar uma consciência sustentável, que é algo que temos feito desde a implementação dos postos de reciclagem, há 10 anos, dentre diversos projetos que vem sendo executados. Esta já é uma realidade muito próxima e precisamos estar preparados e contribuindo para esses avanços tão importantes para o meio ambiente, para o Maranhão e para as pessoas”, destacou Sérvio Túlio.  

Sobre o uso do eletroposto e das bicicletas elétricas 

A parceria entre Equatorial Maranhão e o Governo do Estado possibilitou que o eletroposto fosse instalado no Parque do Rangedor, um local público na capital, abraçado por projetos da distribuidora desde a sua inauguração.  

“O Grupo Equatorial está fazendo uma doação de equipamentos para o Parque Rangedor, a fim de que haja estímulo a uma transição energética, no futuro, que é uma tendência, sem dúvidas, no mundo e no Brasil, no que refere à matriz energética da mobilidade. Acreditamos que os veículos elétricos são uma tendência que irá crescer e, no Rangedor, haverá essa experimentação desse futuro, com serviços de administração do parque, que estarão com veículos elétricos e a disponibilização das bicicletas elétricas para os frequentadores do parque”, ressaltou o governador Flávio Dino.   

Instruções e horário de funcionamento do eletroposto - O eletroposto conta com duas estações de carregamento e está funcionando no horário do parque, de domingo a domingo, das 5h às 11h e das 16h às 21h e pode ser utilizado por qualquer pessoa que deseje carregar seu carro elétrico, gratuitamente, por ordem de chegada. Já as 10 bicicletas elétricas poderão ser utilizadas dentro do parque a partir desta segunda–feira (20), com liberação a ser feita por meio do aplicativo “E+ Mobilidade Elétrica” disponível nas lojas de smartphones para download. O usuário deverá realizar um cadastro no APP, incluindo um cartão de crédito que será utilizado apenas para fins de garantia de devolução da bicicleta.

O uso do equipamento poderá ser feito durante uma hora, na ciclovia de dentro do parque, e a devolução deve ser feita dentro desse prazo à estação. O aplicativo é seguro e os dados informados serão utilizados apenas para essa finalidade, conforme termos de uso explícitos no APP. Em horário comercial haverá um instrutor da Equatorial Maranhão  

Mobilidade elétrica em outros estados 

O investimento também levará o projeto para as demais distribuidoras da Equatorial Energia no Piauí, Pará e Alagoas e, também, para o Campus da UFMS, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Todas as cinco capitais receberão, ainda em 2021, a mesma quantidade de carros e bicicletas elétricos.

Para dar continuidade aos projetos de Mobilidade Elétrica, o Grupo Equatorial entregará em 2022  

Rota Mercosul- Criação de rota elétrica de 832 km, interligando Santa Catarina ao Uruguai, através do Rio Grande do Sul, fechando uma rota no Mercosul. A Rota Elétrica interligará o município de Torres/RS à Santa Catarina; e o município de Chuí e Jaguarão/RS ao Uruguai. Investimento de R$ 13 milhões, dentre equipamentos e o desenvolvimento da pesquisa científica relacionada. 

Frotas Elétricas

Disponibilização de Carros Elétricos na frota de carros da Distribuidora no MA (piloto), avaliando benefícios e ganhos. Investimento de R$ 4 milhões, dentre equipamentos e o desenvolvimento da pesquisa científica relacionada. Como parte desse investimento há o projeto Rota do sol- Rota de Carregadores de Veículos Elétricos entre São Luis e Teresina, permitindo essa mobilidade de um estado ao outro com uso de carro elétrico.  

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...