MENU

24/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 24/09/2020 às 00h00min

Prefeitura e Ministério Público acordam demandas de servidores com acúmulo de cargos

Ação faz parte da campanha “Cidadão Consciente - gestão transparente”

Sara Ribeiro - Ascom
Ascom/PMI
Reunião foi realizada nesta quarta-feira, 23, na Secretaria Municipal de Administração e Modernização, Seamo - Foto: Sara Ribeiro
Com proposta de ajustar demandas da Campanha “Cidadão Consciente - gestão transparente”, que combate situações de acúmulo ilegal de cargos públicos na região tocantina,  Prefeitura reuniu-se com Ministério Público nesta quarta-feira, 23, na Secretaria Municipal de Administração e Modernização, Seamo.

Audiência teve participação da promotora de justiça Nahyma Abas, do secretário de Administração e Educação José Antonio Pereira, do procurador adjunto do Município, Patrick Madeira, procurador presidente da Comissão de Processo Administrativo Disciplinar, Miguel Campelo e equipe técnica da Seamo.

“Viemos apresentar as situações de servidores de todos os processos que apresentam inconsistências por insuficiência de informações, sobretudo por incompatibilidade de horários, para darmos resolutividade junto à secretaria a esses procedimentos”, explicou Nahyma Abas.

De acordo com o secretário de  Administração e Modernização, a Prefeitura recebeu uma lista com cerca de 800 indicações de servidores em possível condição de acúmulo de cargo. Desses, todos foram comunicados da situação. “Notificamos todos os servidores apontados nessa situação e encaminhamos as documentações de solução dos casos  de acúmulo ao MP. Hoje, estamos ajustando somente 204 situações”.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...