MENU

14/12/2021 às 19h21min - Atualizada em 14/12/2021 às 19h21min

Governo Federal investe R$ 4,1 milhões na continuidade de obras de saneamento no Maranhão

Recursos serão destinados a ações de esgotamento sanitário e vão beneficiar mais de 35 mil famílias

Assessoria de Comunicação - MDR
Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional - Foto: Marcos Corrêa/PR
 
Brasília - As cidades de Itapecuru Mirim e São Luís, no Maranhão, vão receber, juntas, R$ 4,1 milhões para investir em saneamento básico. Serão realizadas intervenções nos sistemas de esgotamento sanitário. O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou o repasse nesta terça-feira (14).

Juntas, as obras nas duas cidades vão beneficiar mais de 35 mil famílias e gerar 7,4 mil empregos. A capital São Luís fica com a maior parte dos recursos (R$ 4,1 milhões), que vão possibilitar a ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário Anil, Vinhais e São Francisco. Já em Itapecuru Mirim, serão investidos R$ 34,5 mil na ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário da sede municipal.

”Nós sabemos o benefício que o tratamento de água, de esgotos, a canalização adequada dos córregos propicia às cidades. Então, nós estamos fazendo todo o esforço para que não haja nenhuma interrupção do cronograma físico-financeiro dessas obras”, destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. “Desde a nossa chegada ao MDR, por orientação do presidente Bolsonaro, não tem faltado recursos e nós esperamos brevemente estar concluindo essas obras e que elas sirvam à população”, completa.

Nesta terça-feira, foram disponibilizados recursos para a Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. O repasse total é de mais de R$ 152,2 milhões.

Investimentos
Desde janeiro deste ano, R$ 457,47 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) foram repassados pelo MDR para garantir a continuidade de empreendimentos de saneamento básico pelo País. Outros R$ 1,39 bilhão foram assegurados para financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e de outros fundos federais financiadores.

Atualmente, a carteira de obras e projetos da Pasta no setor - contratos ativos e empreendimentos em execução ou ainda não iniciados - é de 1.166 empreendimentos, somando um total de R$ 42,54 bilhões, sendo R$ 24,97 bilhões de financiamentos e R$ 17,57 bilhões de Orçamento Geral da União. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...