MENU

13/12/2021 às 21h36min - Atualizada em 13/12/2021 às 21h36min

 Catedral de Fátima mobiliza comunidade em prol de obra de revitalização para igreja

Iniciativa encoraja fiéis a manter viva a história religiosa da cidade

Da Assessoria
Foto: Divulgação
Quem passa pela Praça de Fátima, local urbano central e de passeio em Imperatriz, avista a histórica Catedral Nossa Senhora de Fátima. Com mais de meio século de fundação, o santuário branco e azul, com uma alta torre a direita, e a imagem da santa ao meio, é um marco religioso, histórico e cultural da segunda maior cidade do estado do Maranhão. 

Aumentando a beleza do templo de 70 anos, na parte interna, os fiéis são recebidos por imagens religiosas retratadas nas paredes da igreja. Mas, agora, a igreja histórica vem envolvendo um esforço comunitário entre a comunidade católica, instituições locais, poder público e doadores privados para garantir que a estrutura continue sendo uma parte importante da cidade de Imperatriz por muitos anos. 

“É vital que preservemos a rica história da nossa Catedral, que acompanhou o crescimento e desenvolvimento da cidade,” destaca o pároco da catedral, padre Eliezer César de Paiva, que explica como a construção do templo, no fim dos anos 50, se tornou um ponto determinante para expansão de Imperatriz. “Todo o comércio e vida urbana ao redor da catedral, existe em virtude dela. Foi ela que atraiu o comércio para esse ponto, que depois se tornou o coração da cidade. Por isso é muito necessário a preservação e revitalização desse símbolo religioso, que permanecerá aberto, para que continuamos a encorajar os visitantes a virem visitá-lo”. 

Alguns trabalhos de reforma e conservação já foram realizados, mas nunca um projeto de engenharia e arquitetura, que envolvesse toda a estrutura do local, de forma mais cuidadosa e complexa, foi feito. O projeto inicial já está em desenvolvimento e pretende melhorar o ambiente da Catedral, criando um espaço mais seguro, confortável, enriquecendo assim a experiência dos fiéis e visitantes. 

Ampliação do templo, pintura, encanamento, melhorias elétricas e de telhado e piso, fazem parte da grande reforma. Mas para que a obra aconteça, a igreja precisa de um maior número de mantenedores do projeto. A Catedral Nossa Senhora de Fátima além de investir do seu próprio dinheiro nas reformas, quer contar também com doações privadas e a generosidade da comunidade local. Por isso, em breve, uma campanha e outras iniciativas beneficentes serão realizadas para ajudar a custear todo o projeto. 

O engajamento comunitário é de suma importância para que a obra seja iniciada. Além disso, o trabalho de restauração da catedral também proporcionará a oportunidade de movimentar novos empregos e renda para cidade, já que um número grande de pessoas estará envolvido na restauração do monumento religioso. “Entendemos que a catedral precisa dessa revitalização para se impor diante da realidade comercial e urbana que hoje se encontra a cidade de Imperatriz, e isso pode ser algo arquitetonicamente e religiosamente mais agradável”, finaliza o pároco.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...