MENU

12/12/2021 às 12h13min - Atualizada em 12/12/2021 às 12h13min

Bozo, o palhaço que fez sucesso no SBT nos anos de 1980

Em 2013 a emissora resolveu ressuscitar o programa que foi exibido durante algumas semanas nas manhãs de sábado, mas logo saiu do ar por baixa audiência. Naquele ano, o palhaço foi interpretado pelo ator Nelsinho Tamberi.

Da Redação
GB Edições
Recentemente Patricia Abravanel recebeu no “Programa Silvio Santos” a “Turma do Bozo”, com artistas covers. A apresentadora aproveitou para dar uma “bitoca” no nariz do palhaço / Foto: Gabriel Cardoso
  
Quem foi criança nos saudosos anos de 1980 vai lembrar da música “...alô criançada o Bozo chegou trazendo alegria pra você e o vovô...” tema de abertura do programa “Bozo” que era exibido  nas manhãs e tardes do SBT.

Na verdade, o palhaço Bozo é um personagem americano criado por Alan Livingston em 1946, e que fez e ainda faz sucesso em várias partes do mundo.

Recentemente, Patricia Abravanel trouxe a “Turma do Bozo” para participar do quadro “Não Erre a Letra”, do “Programa Silvio Santos”. Para essa homenagem foram convidados os atores covers de Bozo (Claudio Siqueira), Vovó Mafalda (Luiz Kan Kan), Papai Papudo (Murilo Bordoni), Salci Fufu (Faxinildo), Bozolinda (Flor Fernandez) e Kuki (Iran Santos).

No Brasil o Bozo tornou-se muito popular devido ao programa que era exibido no SBT. O comediante Wandeko Pipoca foi escolhido por Larry Harmon, o dono da franquia, para ser o primeiro Bozo brasileiro. Com o sucesso do personagem, outros dois atores, Luís Ricardo e Arlindo Barreto foram contratados para o papel de Bozo. Em meados de 1980 o sucesso foi tanto que muitos outros palhaços interpretaram o Bozo em shows espalhados por todo o País.

Para incrementar a atração personagens adicionais foram criados no Brasil, como o Papai Papudo (Gibe), Vovó Mafalda (Valentino Guzzo), Kuki (Roni Cócegas) e Salci Fufu, este último vivido pelo saudoso Pedro de Lara.

O “Programa Bozo” terminou em 1991 com a morte de Décio Roberto, o último ator a encarnar o palhaço no Brasil.

A atração ganhou cinco Troféus Impensa (1984, 1985, 1986, 1987 e 1989), além de três discos de ouro.

O bordão do palhaço Bozo era “Dá uma bitoca no meu nariz!". No “Bozo” foram exibidos, pela primeira vez no Brasil, os seriados Chaves (que estreou com o episódio “Caçando Lagartixas”) e “Chapolin” (que estreou com o episódio “Aristocratas Vemos, Gatunos não Sabemos”).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...